terça-feira, 22 de maio de 2018

Séries #016

Alô, galera de cowboy!

Me perdoem pela sessão de resenhas uma atrás da outra. Andei mega corrida, e por incrível que pareça, tenho mais facilidade em escrever resenha do que criar posts diferentes, então tive que lançar a enxurrada mesmo hahaha. Hoje tirei um tempinho pra botar a cachola pra funcionar e achei um absurdo comentar tão pouco de séries aqui, sendo que uma das coisas que mais faço na vida é assistir série, então resolvi mostrar pra vocês três séries novas que ainda estão na primeira temporada que gostei bastante e quem sabe vocês gostem também!

Além disso, quem já terminou a segunda temporada de Os 13 porquês e o que acharam? Me contem nos comentários! Ainda estou assistindo, e embora obviamente não chegue aos pés da primeira, conseguiram manter a história muito boa e envolvente, tratando como sempre de temas fortes que às vezes chega a tirar a gente um pouco de sintonia. Estava com medo do que inventariam, já que não existe um livro pra essa sequência, mas até então estou gostando!

The Rain: Um vírus presente na chuva faz com que Simone acabe trancada num búnquer por segurança com o pai, a mãe e o irmão. A família só possuía acesso ao local graças ao pai e seu trabalho de cientista, e também por isso ele logo os deixa, alegando precisar encontrar uma solução para aquela disseminação toda. Seis anos depois, restara apenas Simone e seu pequeno irmão, Rasmus, agora crescido. Além de não suportarem mais viver ali, a comida está acabando, e eles decidem ir ao próximo búnquer para reabastecer. Desde então nenhum dos dois havia visto a luz do sol, e encontrar mais seres humanos é uma grande surpresa. Acontece que nem todos são do bem, e todos lutam pela mesma coisa: Comida, abrigo e sobrevivência. Os irmãos logo são ameaçados por um grupo aparentemente perigoso, mas que aos poucos vão criando um vínculo e unindo forças. A cada episódio conhecemos um pouco mais da história de cada personagem, e a trajetória do grupo é frenética, repleta de perigos e riscos. Seis anos depois da chuva que destruiu a população, como saberiam em quem confiar? E a chuva, afinal de contas, ainda estava contaminada? A série é dinamarquesa, e as atuações são maravilhosas, nos convence fácil a adorar ou odiar o personagem, até mesmo aqueles embustes. A história tem um quê de clichê, sim, mas acreditem: vale a pena! Disponível na Netflix.

quinta-feira, 17 de maio de 2018

Escândalos na Primavera

Título: Escândalos na Primavera
Título Original: Scandal in Spring
Autora: Lisa Kleypas
Série: As Quatro Estações do Amor - #4
Editora: Arqueiro
Ano: 2017
Páginas: 224
Tradução: Maria Clara de Biase
Livro: Skoob
Sinopse:
Daisy Bowman sempre preferiu um bom livro a qualquer baile. Talvez por isso já esteja na terceira temporada de eventos sociais em Londres sem encontrar um marido. Cansado da solteirice da filha, Thomas Bowman lhe dá um ultimato: se não conseguir arranjar logo um pretendente adequado, ela será forçada a se casar com Matthew Swift, seu braçaisy Bowman sempre preferiu um bom livro a qualquer baile. Talvez por isso já esteja na terceira temporada de eventos sociais em Londres sem encontrar um marido. Cansado da solteirice da filha, Thomas Bowman lhe dá um ultimato: se não conseguir arranjar logo um pretendente adequado, ela será forçada a se casar com Matthew Swift, seu braço direito na empresa.
Daisy está horrorizada com a possibilidade de viver para sempre com alguém tão sério e controlador, tão parecido com seu pai. Mas não admitirá a derrota. Com a ajuda de suas amigas, está decidida a se casar com qualquer um, menos o Sr. Swift.
Ela só não contava com o charme inesperado de Matthew nem com a ardente atração que nasce entre os dois. Será que o homem ganancioso de quem se lembrava era apenas fachada e ele na verdade é tão romântico quanto os heróis dos livros que ela lê? Ou, como sua irmã Lillian suspeita, o Sr. Swift é apenas um interesseiro com algum segredo escandaloso muito bem guardado?
Fechando com chave de ouro a série As Quatro Estações do Amor, Escândalos Na Primavera é um presente para os leitores de Lisa Kleypas, que podem ter certeza de uma coisa: embora as estações do ano sempre terminem, a amizade desse quarteto de amigas é eterna.

sexta-feira, 11 de maio de 2018

O Navio dos Mortos

Título: O Navio dos Mortos
Título Original: The Ship of the Dead
Autor: Rick Riordan
Série: Magnus Chase e os Deuses de Asgard - #3
Editora: Intrínseca
Ano: 2017
Páginas: 368
Tradução: Regiane Winarski
Livro: Skoob
Sinopse:
Nos dois primeiros livros da série, Magnus Chase, o herói boa-pinta que é a cara do astro de rock Kurt Cobain, ex-morador de rua e atual guerreiro imortal de Odin, precisou sair em algumas jornadas árduas e desafiar monstros, gigantes e deuses nórdicos para impedir que os nove mundos fossem destruídos no Ragnarök, o fim do mundo viking. Em O navio dos mortos, Loki está livre da sua prisão e preparando Naglfar, o navio dos mortos, para invadir Asgard e lutar ao lado de um exército de gigantes e zumbis na batalha final contra os deuses.
Desta vez, Magnus, Sam, Alex, Blitzen, Hearthstone e seus amigos do Hotel Valhala vão precisar cruzar os oceanos de Midgard, Jötunheim e Niflheim em uma corrida desesperada para alcançar Naglfar antes de o navio zarpar no solstício de verão, enfrentando no caminho deuses do mar raivosos e hipsters, gigantes irritados e dragões malignos cuspidores de fogo. Para derrotar Loki, o grupo precisa recuperar o hidromel de Kvásir, uma bebida mágica que dá a quem bebe o dom da poesia, e vencer o deus em uma competição de insultos. Mas o maior desafio de Magnus será enfrentar as próprias inseguranças: será que ele vai conseguir derrotar o deus da trapaça em seu próprio jogo?

domingo, 6 de maio de 2018

Se Não Houver Amanhã

Título: Se Não Houver Amanhã
Título Original: If there’s no tomorrow
Autora: Jennifer L. Armentrout
Editora: Universo dos Livros
Ano: 2018
Páginas: 384
Tradução: Monique D’Ozario
Livro: Skoob
Sinopse:
Lena Wise está sempre ansiosa pelo dia seguinte, especialmente porque está começando o último ano da escola. Ela está decidida a passar o máximo de tempo possível com os amigos, completar as inscrições da faculdade e talvez informar seu melhor amigo de infância, Sebastian, sobre o que realmente sente por ele. Para Lena, o próximo ano vai ser épico — um ano de oportunidades e conveniências.
Até que uma escolha, um instante… destrói tudo.
Agora Lena não está ansiosa pelo dia seguinte. Não quando o tempo que dedica aos amigos pode nunca mais ser o mesmo. Não quando as inscrições para a faculdade podem ser qualquer coisa, menos viáveis. Não quando há o risco de Sebastian jamais perdoá-la pelo que aconteceu.
Pelo que ela permitiu que acontecesse.
À medida que sua culpa aumenta, Lena está ciente de que sua única esperança é superar o ocorrido. Mas como é possível seguir em frente quando a existência inteira, tanto dela quanto a de seus amigos, foi transformada? Como seguir em frente quando o amanhã sequer é garantido?

terça-feira, 1 de maio de 2018

Na Escuridão da Mente

Título: Na Escuridão da Mente
Título Original: A Head Full of Ghosts
Autor: Paul Tremblay
Editora: Bertrand Brasil
Ano: 2017
Páginas: 266
Tradução: Ananda Alves
Livro: Skoob
Sinopse:
Um dos livros mais assustadores do ano, vencedor do prêmio Bram Stoker Award. A vida dos Barrett é virada do avesso quando Marjorie, de 14 anos, começa a demonstrar sinais de esquizofrenia aguda. Depois que os médicos se mostram incapazes de deter os acessos bizarros e o declínio de sua sanidade, o lar se transforma em um circo de horrores, e a família se vê recorrendo a um padre da região. Acreditando que seja um caso de possessão demoníaca, o padre Wanderly sugere um exorcismo e entra em contato com uma produtora que está ávida para documentar tudo. Com o pai de Marjorie desempregado e as dívidas se acumulando, a família hesitantemente aceita, sem imaginar que A Possessão se tornaria um sucesso imediato. Quinze anos depois, uma autora best-seller entrevista Merry, a irmã mais nova de Marjorie. Ao se recordar dos acontecimentos de sua infância, uma narrativa alucinante de terror psicológico é desencadeada, levantando questões sobre memória e realidade, ciência e religião... e sobre a real natureza do mal.