Os Segredos de Colin Bridgerton + O Conde Enfeitiçado

Nome: Os Segredos de Colin Bridgerton
Título Original: Romancing Mister Bridgerton
Autora: Julia Quinn
Série: Os Bridgertons - #4
Editora: Arqueiro
Livro: Skoob
Sinopse:

Há muitos anos Penelope Featherington frequenta a casa dos Bridgertons. E há muitos anos alimenta uma paixão secreta por Colin, irmão de sua melhor amiga e um dos solteiros mais encantadores e arredios de Londres.
Quando ele retorna de uma de suas longas viagens ao exterior, Penelope descobre seu maior segredo por acaso e chega à conclusão de que tudo o que pensava sobre seu objeto de desejo talvez não seja verdade.
Ele, por sua vez, também tem uma surpresa: Penelope se transformou, de uma jovem sem graça ignorada por toda a alta sociedade, numa mulher dona de um senso de humor afiado e de uma beleza incomum.
Ao deparar com tamanha mudança, Colin, que sempre a enxergara apenas como uma divertida companhia ocasional, começa a querer passar cada vez mais tempo a seu lado. Quando os dois trocam o primeiro beijo, ele não entende como nunca pôde ver o que sempre esteve bem à sua frente.
No entanto, quando fica sabendo que ela guarda um segredo ainda maior que o seu, precisa decidir se Penelope é sua maior ameaça ou a promessa de um final feliz. Em Os segredos de Colin Bridgerton, quarto livro da série Os Bridgertons, que já vendeu mais de 3,5 milhões de exemplares, Julia Quinn constrói uma linda história que prova que de uma longa amizade pode nascer o amor mais profundo.

1 - O duque e eu
2 - O Visconde que me amava
3 - Um perfeito cavalheiro
4 - Os segredos de Colin Bridgerton
5 - Para Sir Philip, com amor
6 - O conde enfeitiçado
7 - Um beijo inesquecível
8 - A caminho do altar
9 - E viveram felizes para sempre

Lá estava eu procurando o que postar hoje, e encontrei resenhas aleatórias da série de Os Bridgertons. Não me perguntem porquê, mas escrevi resenha só de alguns volumes, e resolvi juntar dois deles para hoje!

Com 33 anos, Colin Bridgerton ainda prefere não pensar em casamento e só aproveitar a vida viajando pra diversos locais diferentes. Ele é o mais conhecido da família por soltar sorrisos simpáticos e encantadores, assim como tratar a todos com a maior educação, além de estar o tempo todo faminto. Ele sempre está bem-humorado, e é nesse ponto que descobrimos que todo mundo tem um outro lado, e Colin não seria uma exceção. Por trás do bom humor, ele esconde arrependimentos e aflições, assim como nem sempre ele está, de fato, no melhor dos humores. Nesse livro, conhecemos um Colin totalmente diferente, que demonstra sua raiva, impaciência, e determinação. Isso o tornou mais humano, mas em algumas situações senti falta do Colin carismático que sempre aparentou ser.

– Deu para ouvir o meu estômago roncar do outro lado da sala?
– Do outro lado da cidade, sinto dizer – retrucou ela, rindo. – Toda vez que troveja, David diz que é a sua barriga, sabia disso?
– Ah, meu Deus – murmurou Colin, embora não parasse de rir.

Quando retorna a Londres, Colin retorna também a amizade que tinha com Penelope Featherington. Com mais três irmãs, Penelope sempre foi a gordinha excluída. Após anos de tentativas, sua mãe desistiu de arranjar um pretendente pra ela, e não foi nada difícil Penelope se conformar em ser uma solteirona de 28 anos, já que estava acostumada com o título. Seu único consolo era que Eloise Bridgerton, uma das irmãs de Colin, e sua melhor amiga, também estava na mesma situação, então ela não se sentia não sozinha. Com a diferença que Penelope sempre fora apaixonada por Colin... E sabia que não havia a menor possibilidade de um dia ele olhá-la de outra forma.

Colin também acreditava firmemente nisso, até que se vê a desejando loucamente. De onde aquilo tinha surgido? Em que momento tudo mudou? Como, após tantos anos de convivência, ele não conseguiu perceber o quão inteligente e divertida Penelope era? Mas nunca é tarde demais para reparar os danos, se não fosse por um único empecilho. Penelope guarda um segredo gigantesco, algo que pode acabar tanto com sua reputação, quanto com a de Colin. Será que ele se arriscaria a suportar as consequências pra ficar junto da amada? Ou será que aquela ideia estava totalmente fora de cogitação?

– Não sei. No que quer que faça com que você fique olhando para o nada, sonhando acordada com tanta frequência.
– Eu apenas penso – disse Penelope, baixinho. – Às vezes gosto de simplesmente parar e pensar.

A história de Colin é picante, sensual, e até mesmo carinhosa. Nós aprendemos juntos dele que o amor não é algo premeditado; antes mesmo que se dê conta, aquela pessoa se torna grande parte do seu mundo.


Título: O Conde Enfeitiçado
Título Original: When He Was Wicked
Autora: Julia Quinn
Série: Os Bridgertons - #6
Editora: Arqueiro
Livro: Skoob
Sinopse:
Toda vida tem um divisor de águas, um momento súbito, empolgante e extraordinário que muda a pessoa para sempre. Para Michael Stirling, esse instante ocorreu na primeira vez em que pôs os olhos em Francesca Bridgerton.
Depois de anos colecionando conquistas amorosas sem nunca entregar seu coração, o libertino mais famoso de Londres enfim se apaixonou. Infelizmente, conheceu a mulher de seus sonhos no jantar de ensaio do casamento dela. Em 36 horas, Francesca se tornaria esposa do primo dele.
Mas isso foi no passado. Quatro anos depois, Francesca está livre, embora só pense em Michael como amigo e confidente. E ele não ousa falar com ela sobre seus sentimentos – a culpa por amar a viúva de John, praticamente um irmão para ele, não permite.
Em um encontro inesperado, porém, Francesca começa a ver Michael de outro modo. Quando ela cai nos braços dele, a paixão e o desejo provam ser mais fortes do que a culpa. Agora o ex-devasso precisa convencê-la de que nenhum homem além dele a fará mais feliz.

Com tantas mulheres, Michael tinha que se apaixonar justamente por Francesca, esposa de seu primo. Ele sabia o quanto isso era errado, e escondia seu sentimento ao máximo, até porque Michael sempre prezou pela companhia de Francesca, eram quase como melhores amigos, sempre fazendo brincadeiras enquanto John, o primo, se mantinha reservado. Os três eram como um só; o casal nunca se incomodou com a presença de Michael. Foi como se ele tivesse vindo no pacote quando John se casou.

Só que uma única noite fora suficiente pra que o mundo desabasse. John alegara estar com dor de cabeça, e quando foram checá-lo, John estava morto. E graças ao choque e luto intenso, Francesca perdeu o bebê que estava gerando. Consequentemente, Michael se tornou Conde, tomando o lugar do primo, mas ele não queria nada disso. Não queria a responsabilidade, ter de voltar à propriedade da família e conduzi-la. Ele só queria justamente a coisa que nunca poderia ter: Francesca. Após a morte de John, a amizade deles fora por água abaixo; era como se nem reconhecessem um ao outro. E com tanto sofrimento enrustido no peito, Michael foge e passa 4 anos na Índia. Mal sabia ele que a hora de voltar iria chegar, e que mesmo após tantos anos, ele continuaria não conseguindo resistir aos encantos de sua amada. Ainda mais quando ela está tão decidida a encontrar um novo marido para lhe dar o filho que tanto deseja.

Logo de cara achei que esse fosse ser o pior volume da série. O início é maçante, não gostei nem um pouco da proposta de ele ser apaixonado pela esposa do primo, dava a entender que seria uma espécie de triângulo amoroso, mas com a morte de John as coisas mudaram de forma. Em poucas páginas é possível perceber o quão importante é o companheirismo entre os três, como eles são felizes, e o incidente é um baque pra todos. A relação de Michael e Francesca é cheia de faíscas; uma hora eles são os de antigamente, implicando um com o outro, e na outra algo parece diferente, novo. O tempo inteiro eles lutam contra o sentimento por saberem o quanto aquilo é errado, por se sentirem culpados em trair a confiança de John, a lembrança dele. Mas será que esse é o caminho certo? Se privarem de um futuro que tanto anseiam?

Quando a história pegou gás, não consegui mais largar o livro. Comecei a ler de noite e terminei de madrugada mesmo de tão emocionada e envolvida que fiquei. A escrita da Julia é, como sempre, incrivelmente agradável e te faz esquecer o tanto de formalidade que existe na época em que se passa a obra. Mas né, sou suspeita a falar já que sou manteiga derretida pra romance de época; por mais que saibamos tudo que vai acontecer, é impossível não torcer e se deixar ser levado por aquele amor terno, verdadeiro e sofredor.

Nota: 5


Sobre mim: Carolina Rodrigues, 24 anos, biomédica e autora do livro O Poder da Vingança. Adora passar um dia inteiro lendo, vendo séries, escrevendo histórias ou ouvindo música.

You May Also Like

0 Veja quantos dragões pousaram aqui!