quinta-feira, 27 de setembro de 2012

Línguas de Fogo


Nome: Línguas de Fogo
Série: Crônicas de Myríade (#1)
Autora: Karen Soarele
Editora: Cubo Mágico
Livro: Skoob
Sinopse:

Aisling é uma jovem camponesa que vive numa área remota de Vulcannus, o reino mais poderoso de Myríade.
Entretanto, um acontecimento vem para mudar completamente sua vida: seu melhor amigo, Dharon, é ferido em batalha enquanto tentava protegê-la, e a única chance que ela tem de salvá-lo é deixar para trás tudo o que conhece e atravessar a fronteira até o território inimigo, onde pode encontrar o antídoto para o veneno que o consome.
Em sua jornada, Aisling se defrontará com diversos perigos, descobrirá que toda história possui mais de um ponto de vista e aprenderá que nas amizades verdadeiras está a força para seguir pelo caminho correto.


Aisling mora em uma pequena vila no reio de Vulcannus, junto com sua avó e seu melhor amigo, Dharon, que treina para ser o próximo guerreiro da vila. Contudo, um dia, o pequeno vilarejo é atacado por uma salamandra, um animal que vive dentro dos vulcões e, supostamente, nunca sai. Dharon, tentando defender a amiga, acaba sendo envenenado pelo monstro, e é a partir daí que a aventura começa.
Aisling descobre que para salvar seu melhor amigo, ela precisa partir para Hynneldor, o reino inimigo, pois apenas lá ela encontrará a cura. O caminho requer uma parte por terra - cavalo - e outra por água - navio -, e durante essa viagem, vários mistérios nos rodeiam e personagens maravilhosos são apresentados.
Aisling descobrirá a verdade sobre os reinos e seu passado, o valor de uma amizade e da confiança, e não poderá confiar em ninguém durante a viagem.

Fiquei meio confusa no começo, porque eles estão no presente e, do nada, um capítulo faz tipo um flashback, então eu dei uma perdida no começo. Acho que isso também aconteceu porque a autora criou um universo completamente novo, cheio de nomes e conceitos diferentes.
O livro é bem infanto-juvenil, mesmo. Não tem romance, a amizade é algo muito valorizado - e acho que dá pra perceber, quando ela tem coragem de levar o amigo pro reino inimigo, só para salvá-lo - e é um universo totalmente novo, com nomes diferentes e com um quê bem medieval. Inclusive, o conceito de muitos personagens, de mundo, é bem medieval.
Para um livro pequeno, Línguas de Fogo tem bastante coisa. Por isso, achei que algumas partes ficaram meio falhas, poderiam ter sido melhor desenvolvidas e tal, principalmente considerando tanta coisa nova e legal que a autora criou e poderia ter explorado melhor.
Falei pouco da história em si, porque tem bastante reviravolta e há muita coisa que eu acho que temos que descobrir sozinhos, lendo; não teriam a mesma graça se eu contasse alguma parte que poderia levar vocês a alguma conclusão, durante a leitura.
O livro faz parte de uma série de cinco livros, e pelo jeito muitas coisas ainda vão acontecer. Também, várias ficaram em aberto nesse livro, o que me deixou bem curiosa para os próximos, que ainda não foram lançados; assim, por ter mais livros vindo, espero que a autora consiga explorar mais alguns pontos das histórias dos Reinos ou mesmo algumas amizades, histórias de antepassados que ficaram meio superficiais.
Apesar disso, eu gostei bastante, o final me agradou pra caramba e eu fiquei naquela de "não posso parar de ler até terminar, agora", enquanto eu roía as unhas, pensando no que aconteceria a seguir hahaha
A capa do livro é infantil mas bem fofa, acho que combina, só não gostei muito desse Dharon, ele parece muito sombrio. :( A revisão tá legal, mas achei alguns errinhos de - parece ser - digitação, quase nada.
Se procura um livro pequeno, de rápida leitura e algo bem diferente - livro infanto-juvenil, mesmo -, leiam Línguas de Fogo, vale a pena!



Nome: A Rainha da Primavera
Série: Pergaminhos Perdidos de Myríade
Autora: Karen Soarele
Livro: Skoob
Sinopse:
Em um reino em decadência, um guerreiro em busca de redenção e um conselheiro real trilham uma jornada para encontrar a princesa há muito tempo desaparecida. Flora, que foi criada em uma ilha remota, é surpreendida ao ser confrontada com seu passado. Mas, no fundo de seu coração, ela sabia que a vida lhe reservava uma grande aventura, além do Mar Eterno. Escoltada pelos dois forasteiros, ela partirá à procura de respostas sobre sua origem, embarcando na maior aventura de sua vida. E o que vai encontrar mudará não só sua relação com o universo, como também o destino de toda uma nação. Porém, é necessário cautela. Os perigos rondam à noite e os estandartes inimigos se aproximam.

Esse livro eu li em e-book, após ler Línguas de Fogo. Ele tem sim uma conexão com a série Crônicas de Myríade, mas isso somente porque ele é citado no livro e é meio que o passado de Hynneldor. Ou seja, você pode lê-lo sem ter lido Línguas de Fogo.
Portanto, quem quiser conhecer a escrita da autora, eu recomendo, e vocês encontrarão o link de onde baixá-lo no final desse post.
A Rainha da Primavera é um pequeno livro que conta o passado de Hynneldor, o reino inimigo de Vulcannus; no livro é citado que o reino já fora muito rico e bonito, na época da Rainha da Primavera, e esse e-book nos conta sobre essa época, de como foi a Guerra daquele tempo e como Hynneldor chegou a todo aquele explendor que ficou apenas nas memórias dos moradores de lá.
Eu gostei bastante do e-book e eu achei que complementou um pouco a leitura da série, nos apresentando a famosa Rainha tão citada e respeitada no livro, que serve, inclusive, como exemplo de força várias vezes.
Se você leu Línguas de Fogo e ainda não leu A Rainha da Primavera, leia, porque vale a pena e é bem legal! Claro que se mantém ainda naquele estilo infanto-juvenil e, novamente, achei que faltou alguma coisa no começo, quando a personagem é tirada de sua ilha (não vou dizer muita coisa além disso, porque pode vir a ser spoiler), mas no geral eu achei bem trabalho.

Quem quiser ler, baixe aqui!

Nota: ★★★★☆


Photobucket

Nenhum comentário:

Postar um comentário