quarta-feira, 17 de dezembro de 2014

Não Fuja!

Nome: Não Fuja!
Autora: FML Pepper
Série: Não Pare! - #3
Editora: Amazon
Livro: Skoob
Sinopse:
Último livro da trilogia de sucesso NÃO PARE! Vida. Morte. O que há entre elas? Antes delas? Depois delas? Como distinguir a linha tênue entre dois universos tão distintos e intimamente ligados? Como não sucumbir ao desejo que lhe drena a vida? Como aceitar que existe morte em vida e vida na morte? O que fazer quando a morte é a centelha que pulsa na vida embebida de escuridão? Que caminho tomar quando o perigo é real? A bússola da existência gira e aponta: o medo é uma opção, a vida, uma batalha, a morte, uma bênção.

Confiram aqui a resenha de Não Pare!, primeiro livro da trilogia.

No terceiro e último volume da série, Nina se vê (como sempre) em apuros. Nina tinha decidido permanecer na dimensão de Zyrk, pois é lá que se encontram seus grandes amores, como Rick, seu avô, e agora pela descoberta mais recente, sua mãe. Richard se encontra num estado lastimável, sem energia alguma, e destinado ao vértice. A única coisa que prolonga sua morte é o fato de que por ser um dos maiores guerreiros que Zyrk já teve, ele deve sobreviver até o dia em que conseguir procriar, uma data que logo se aproxima. Nina, no tempo em que não esteve acompanhando as decisões do Grande Conselho, teve os mesmos sonhos que a viviam cercando, mas agora mais nítido, com todas as partes se encaixando. Neles, aparece sempre ela quando criança, sua mãe Stela e um homem chamado Ismael, que obviamente não é o seu pai (Dale), mas que parece nutrir um sentimento profundo por elas. Quem diabos era aquele cara? E como ela ia escapar das garras daqueles que pagariam qualquer preço pela cabeça da híbrida?

Cheio de reviravoltas, Não Fuja! é ação e revelações do início ao fim. Após Rick se recuperar, os dois conseguem fugir e, muito contragosto, ele acompanha Nina que está convicta de encontrar sua mãe custe o que custar. E mal imagina ela que nessa jornada ela vai encontrar coisas do seu passado que aumentarão mais ainda sua vontade de permanecer no lugar e salvar a todos. Mas não é assim que funciona. Com muito sacrifício, ela precisa se decidir a respeito da guerra que está prestes a se formar em sua volta. Será que valeria a pena abandonar a todos, dar a sua vida em troca da sobrevivência de Zyrk, na esperança de se obter respostas, já que todos parecem ainda continuar guardando segredos dela?

— Os sonhos nem sempre se realizam, Tesouro. Acostume-se a isso — sua voz ficou repentinamente triste. Encolhi no lugar. — Você vai descobrir que às vezes é perigoso demais dar crédito a eles, que podem ser pesadelos disfarçados.


É nesse ponto que se aplica o porquê da minha nota. Eu realmente amo essa série, de todo o coração. FML Pepper fez um trabalho magnífico, eu não me via presa a uma série de tal forma há um bom tempo. Mas acho que nosso papel é ressaltar o que não apreciamos, assim como o que nos encantou, e foi com muita dor que acabei não dando nota 5. Mas uai, porque? Eu não gostei das atitudes da Nina. Os personagens tendem a crescer durante os volumes, e isso realmente aconteceu, mas achei extremo egoísmo da parte dela resolver entrar num acordo com Malazar, que seria o Satanás, só por almejar tanto suas respostas. Era sua vida, e ela tinha direito disso, entendo completamente essa parte. Mas ela poderia ter obtido de maneiras que não levariam ao que acabou acontecendo. Não posso entrar em muitos detalhes, mas a escolha que ela fez me decepcionou muito. Assistir tantas mortes, também, foi uma tortura porque a gente se apega tanto aos personagens, e eu não estava esperando por aquilo. Acho que baixou o George R.R. Martin na autora, haha. E outra coisa que me deu raiva foi ela ser tão cabeça dura. O Rick colocou a vida dele em risco tantas vezes nessa série, e ainda assim ela conseguiu duvidar de sua palavra, e por um momento dar ouvidos para o que Malazar, para o que o mal, falava. Sacrifícios ás vezes são necessários, eu sei, mas eu senti que a história poderia sim ter seguido outro rumo.

Enfim, esclarecido o lado negativo, claro que tenho que destacar como essa história consegue nos envolver de corpo e alma. Rick tem aquele lado dele de guerreiro, ás vezes áspero e autoritário, mas o amor que ele sente por ela é tão vívido, que dá pra sentir na palma da mão. Todos os esforços, a proteção e luta para que o amor da sua vida sobreviva, é tudo tão tocante! E as diversas quase-despedidas é de apertar o coração, dá vontade de amarrar os dois com uma corda e levar pras montanhas pra que nada mais possa separá-los.

Além disso, também aparece uma grande variedade de personagens já apresentados em Não Olhe!, construídos com suas próprias singularidades. Adoro o John, e agora o Shakur, e é legal essa introdução de vários personagens, porque assim a gente se sente dentro do combate, querendo salvar todo mundo e torcendo não só pelo casal.

Ao mesmo tempo em que preciso de você viva para me sentir vivo, da necessidade insana em protegê-la de qualquer perigo com a minha própria vida, eu sei que eu sou o maior perigo de todos. Você desperta e atiça a fera que tento domar a todo custo dentro de mim, a besta que é capaz de sugar a sua energia até a última gota num piscar de olhos, Nina.


É realmente triste saber que a trilogia chegou ao fim e que não teremos mais Nina, Rick e os zirquinianos :( mas terminei o livro acompanhada de uma sensação maravilhosa, e grata por ter tido a oportunidade de conhecer uma história tão magnífica e criativa, que nos induz a uma montanha russa de sentimentos, até chegar na paz dos momentos mais ternos. Obrigada pela série maravilhosa, FML Pepper, e acho muito bom você já ir providenciando a próxima! :DD

Nota: 4

Sobre mim: Carolina Rodrigues, 19 anos, mora em Santos e cursa faculdade de Biomedicina. Adora dançar e ir pra praia, mas o que a faz realmente feliz é poder passar um dia inteiro lendo, vendo séries, escrevendo histórias ou ouvindo música.

Nenhum comentário:

Postar um comentário