terça-feira, 10 de dezembro de 2013

[+18] Métrica

Nome: Métrica
Título Original: Slammed
Autora: Colleen Hoover
Série: Slammed
Editora: Galera
Livro: Skoob | Orelha de Livro
Sinopse:
O romance de estreia de Colleen Hoover, autora que viria a figurar na lista de best sellers do New York Times, apresenta uma família devastada por uma morte repentina. Após a perda inesperada do pai, Layken, de 18 anos, é obrigada a ser o suporte tanto da mãe quanto do irmão mais novo. Por fora, ela parece resiliente e tenaz; por dentro, entretanto, está perdendo as esperanças. Um rapaz transforma tudo isso: o vizinho de 21 anos, que se identifica com a realidade de Layken e parece entendê-la como ninguém. A atração entre os dois é inevitável, mas talvez o destino não esteja pronto para aceitar esse amor.
Alguns meses após a morte do pai, Layken se muda com a mãe o irmão para outra cidade. Apesar de não estar muito feliz com a mudança, ela entende que é necessário, já que agora a mãe tem que sustentar a casa apenas com seu salário de enfermeira e havia recebido uma oferta de emprego melhor na nova cidade. Logo que se muda, porém, já fica mais feliz quando conhece Will, seu vizinho de 21 anos, órfão dos dois pais e que cuida do irmão mais novo, que tem a mesma idade do irmão de Layken e os dois logo viram melhores amigos. Will e Layken parecem ter uma conexão inexplicável e rapidamente se apaixonam.
Li muitas resenhas positivas do livro que me deixaram com muita vontade de ler, porém confesso que uma parte de mim não esperava muito. O livro parece bastante fofo pela sinopse e uma resenha que eu li soou como se fosse tomar um caminho um pouco mais dark depois, o que não aconteceu. Todas resenhas que eu li evitam mencionar esse fato, mas eu não considero um spoiler tão relevante, talvez tire um pouco o fator surpresa, mas é revelado tão no início que não vejo problema em contar: Will é professor de Layken. No início fiquei um pouco confusa porque ele só tem 21 anos, mas isso é explicado. Se eu soubesse disso, eu teria comprado o livro ainda antes, porque histórias professor/aluno são meu ponto fraco. Eu amo ler fics e livro desse estilo, então quando isso foi revelado eu fiquei muito feliz.
O livro tem uma narrativa fácil e que flui com bastante rapidez, eu li em menos de dois dias e não conseguia largá-lo por um instante. Para quem não sabe, "Slam" é uma competição de poesia, mas os poemas têm um estilo um pouco diferente do que estamos acostumados, não são clássicos nem nada, feitos pelas próprias pessoas em geral sobre as próprias experiências. Eles colocam em negrito e itálico (o que me incomodou um pouco, porque só um dos dois era o suficiente) as palavras destacadas, o que ajuda um pouco a imaginar a apresentação e dar a entonação certa ao poema. A parte dos poemas eu não achei tão boa assim, apesar de ser o diferencial do livro, eu ficava tentando imaginar como era no original e isso me desconcentrava. Talvez eu devesse ter lido em inglês logo e me poupar o trabalho haha
De qualquer forma, eu li o livro muito rápido e eu me apaixonei facilmente por Layken e Will, os dois têm uma química impressionante, WIll é muito fofo. Uma das coisas chatas é que um dos plot twists bem importantes do livro estava muito na cara para mim. Não me refiro ao professor/aluna, porque isso eu realmente não esperava, e isso não vou contar o que é (eu sei, eu conto o que me surpreendeu e não o que eu já sabia, desculpa), mas ele serviu para dar um drama na história, eu gostei, mas, como eu disse, eu sabia o que era na primeira dica dada.
Confesso que fiquei um pouco decepcionada com o final, comecei o livro bastante eufórica e estava amando, mas lá para o último terço dele, comecei a me desanimar. Talvez seja porque estou acostumada a ler mais fics do que livros desse tema, em geral +18, então eu estava esperando um pouco mais de... ação. Mesmo assim, o livro é maravilhoso, faz tempo que não amo um livro levinho assim, tão fofo que me faz querer abraçá-lo.
Eu sei que tem mais dois livros da série, mas estou um pouco confusa quanto a eles, porque do jeito que a história termina, não tem nem o que continuar. Não li as sinopses, então pode ser que seja com outros personagens. Não sei se vou lê-los, pois ouvi algumas críticas, dizendo que não são nem de perto tão bons quanto o primeiro livro e que "estragaram" a série. Por esses motivos, fico um pouco receosa, já que gostei bastante do primeiro livro e não quero que minha memória das personagens seja arruinada.

Nota: 5

Sobre mim: Flávia Crossetti, 18 anos, carioca. Estudante de Psicologia, leitora compulsiva, viciada em séries, feminista intersecionalista e escritora de fanfic nos tempos vagos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário