sexta-feira, 7 de setembro de 2012

Do seu lado


Nome: Do seu lado
Autora: Fernanda Saads
Editora: Novo Conceito
Sinopse:
Após um longo tempo de terapia para se recuperar de um fora, Sarah parece estar bem. Quer dizer, ela já recuperou seu peso normal e consegue pensar em outras coisas além de Bruno. O problema é que no fundo ela vive fantasiando o dia em que esbarra com ele na rua e: pimba! Ela está linda e radiante e ele percebe a mancada que deu. Seus planos são simples: reconquistar Bruno e depois dar o troco que ele merece. Mas o destino lhe prega uma peça quando Nestor, seu chefe, pede que ela visite um novo cliente e, de repente, tudo vira de cabeça para baixo. Lá está ela de frente para o seu antigo amor, que parece mais irresistível do que nunca! Enquanto isso, seu melhor amigo, Igor, sempre presente e irritantemente perfeito, não suporta vê-la cair nas garras do bonitão outra vez. Sarah terá que lutar contra os próprios conceitos para descobrir o verdadeiro sentido do amor.


Sabe aquele livro bem calmo, leve e que passa rápido? Então, Do seu lado é assim. A capa é linda, e desde que foi divulgado o lançamento eu queria ler. Só que infelizmente, no começo, não me atraiu nem um pouco. Os capítulos são realmente curtos, alguns com só duas ou três páginas, só que eu compreendo que se estendesse muito, ficaria algo arrastado, então coube legal pelo estilo.
Sarah é uma arquiteta e trabalha no mesmo escritório que o melhor amigo Igor, cujo conheceu ainda na faculdade. Desde então, eles se tornaram inseparáveis, se não fosse pelo namorado mentiroso de Sarah, Bruno. Após anos que eles terminaram por ele ter a traído, surgem ocasiões que os fazem se reencontrar, e Bruno vai atrás de Sarah, sugerindo para saírem juntos algum dia, pois está com saudades dela, e pede desculpas por ela. Só que apesar do que ele fez, Sarah não o esqueceu, e mesmo achando que o sentimento tinha ido embora, o reencontro só afirma que está firme como sempre.
Entretanto, há controvérsias. De acordo com a sinopse, ele é irresistível e a gente pensa que é tipo 'Uau! Até eu vou me apaixonar por ele!' só que não. Ele é muito idiota e só faz burrada, eu só consegui ter ódio dele. E eu entendo que Sarah não tenha ligado muito, pois o amor nos faz não enxergar detalhes que estão estampados na nossa cara, e só nós não percebemos. Ela sabia que tinha algo errado, se desanimava bastante, mas sempre acabava o perdoando. 
Já Igor dava nervoso à ela por ser sempre tão certinho, além de cavalheiro. Sempre a acompanhava para ver a família dela, para ir em exatamente todos os lugares. Mas Sarah sempre o viu como um irmão, alguém que ela sabia que podia confiar, já que a cabeça ainda só permitia pensar em Bruno. Com isso, Igor reencontra Renata, uma amiga deles (sendo que Sarah que pediu pra ela falar com ele), e eles começam a namorar. Em todo lugar onde vão, estão juntos, e Sarah acaba sendo deixada de lado (mesmo porque, está com Bruno, e eles não se dão bem). E é quando ela percebe o quão frustrada ela fica pelo namoro deles, sendo que sempre o incentivou a ficar com alguém. E agora que ele tinha conseguido, ela sentia como se tivessem arrancado uma parte dela. O que será que podia ter acontecido, então?

"De repente vejo minha imagem refletida no vidro. Que tipo de pessoa eu sou, afinal? Fito meus próprios olhos. Eu não cuido tão bem das pessoas que me rodeiam. Não saio para fazer compras com mamãe há anos e sei como ela adora a minha opinião sobre roupas. Papai vive me convidando para seus recitais de poesia e eu sempre invento uma desculpa para não ir. Como se o mundo pudesse parar e ficar me esperando. Como se eles fossem ficar ali para sempre até que eu resolvesse ter tempo. 

Estou parada com os olhos cheios de lágrimas. Os braços caídos ao lado do corpo. Eu me sinto tão mal por tudo. Principalmente por ter sido preciso acontecer uma coisa dessas para que eu enxergasse ao meu redor."

Não vou mentir, só de ler a sinopse você já faz idéia do que vai acontecer. É bem previsível, mas é legal a forma que a história flui, o desenrolar. A única coisa, é que eu acho que a autora podia ter trabalhado melhor com a escrita. Ela escreve bem, fez uma boa história, apesar de simples, mas se a história tivesse uma forma mais envolvente, poderia emocionar mais ainda. Algumas atitudes da personagem me irritaram um pouco, como voltar pra Bruno sendo que era óbvio que ele não tinha boas intenções. Mas a Fernanda fez um ótimo desfecho, eu me emocionei muito no final, ficou bem lindo! É um tipo de livro que você aproveita a leitura pra relaxar, e esquecer dos problemas. Eu, por exemplo, li ele no colégio, e não, eu não devia estar estudando, a matéria ja tinha sido passada hahaah, e mesmo com ~muito barulho me cercando, eu consegui sair daquele lugar e viajar com a história de Sarah e Igor, que é realmente bem bonita. Talvez seja só minha opinião, pois eu ~adoro ler histórias sobre melhores amigos que se amam, mas vale a pena ler Do seu lado. Nos faz parar para pensar em coisas que talvez nunca tenhamos reparado antes.


E a minha foto com a autora no dia 19/08 na Bienal do Livro em São Paulo. Eu super adorei conhecer ela, é toda fofa e super simpática! Eu vi bastante gente comprando o livro, fez um sucesso e tanto, e que com certeza ela mereceu! *-*


Nota: ★★★★☆



Essa resenha faz parte do #EspecialNacional! Saiba mais:

Nenhum comentário:

Postar um comentário