domingo, 11 de março de 2012

A Maldição da Pedra



Nome: A Maldição da Pedra
Série: Reckless
Autora: Cornelia Funke
Editora: Companhia das Letras
Livro: Skoob
Sinopse:
Durante anos, Jacob Reckless viveu em um mundo de fantasia, deixando para trás o irmão mais novo e a sua vida convencional. Um dia, Will descobre o portal que leva a esse mundo sombrio e segue o irmão mais velho, mas lá é atingido por uma maldição: a pele de Will vai se transformando em pedra, e o garoto, em uma máquina de matar. Em uma terra cheia de perigos, Jacob precisa usar toda a sua esperteza, coragem e espírito de aventura para reverter o feitiço.


Admito que eu não estava muito ansiosa para ler A Maldição da Pedra, nem quando escolhi o livro que a Companhia das Letras nos cedeu (aliás, muito obrigada!), mas eu não tinha noção do que estava perdendo.
Logo nas primeiras páginas, há algo que me deixou totalmente surpresa e encantada. Em cada capítulo, há uma imagem ao fundo, no redor das letras. É em preto e branco, e cada figura, combina totalmente com o que acontece durante o capítulo. É algo realmente inovador, pois eu nunca tinha visto algo parecido antes, e sem querer nos traz até uma vontade maior de ler. Porém, a história de princípio, não me cativou tanto quanto as imagens.
O livro conta sobre Jacob Reckless, um garoto que descobre por acaso um espelho dentro do escritório de seu pai, um lugar o qual tanto ele, quanto seu irmão Will, eram proibidos de entrar, já que seu pai havia sumido há um tempo, e eles não tinham permissão de entrar em seu escritório. Entretanto, Jacob não resistiu e entrou, a procura até de algo que fizesse sentido o desaparecimento de seu pai, mas a única coisa que encontrou fora do normal, foi um espelho cujo transmite as pessoas daquele lugar, para um mundo completamente diferente do que ele estava habituado. Jacob se sente encantado com isso, e passa a permanecer naquele mundo por muito tempo, até o dia em que seu irmão resolve seguí-lo (agora ambos mais velhos, já que realmente passou bastante tempo, inclusive anos) e o que acaba ganhando, é uma maldição.
Aí é que tá. Toda essa explicação foi dada em míseras páginas, como se fosse normal você ser transportado para outro mundo, e aceitar a idéia de boa. Poxa! Ele nem pareceu afetado, ele simplesmente aceitou a aventura e entrou de corpo e alma, sem pensar em poréns, ou ao menos contar como foi a experiência! Já parte pro seu irmão amaldiçoado, o que aos poucos, seu corpo será totalmente transformado em pedra. Eu só achei que essa parte poderia ter sido melhor detalhada, o que me fez desanimar e parar a leitura por uns dias. Porém, quando voltei a atenção ao livro... Bom, posso dizer que o terminei no dia mesmo.
A história engrena de uma forma brilhante. Nós conhecemos Fux, a raposa que está sempre com Jacob, e Clara, a garota por quem Will é apaixonado, e embarca nessa aventura com eles, pois afinal, ela poderia ser uma tentativa de salvação a ele.
A escrita de Cornelia é, de fato, bem peculiar. É algo que talvez não estejamos muito acostumados a ler, e dá aos personagens, como Jacob principalmente, um ar frio e ignorante. Mas, você percebe que não é a intenção, quando ele passa o livro inteiro (sem exagero) procurando uma forma de quebrar a maldição posta no irmão. Ele corre perigo, arriscando a própria vida, só para poder ver seu irmão novamente feliz, e lógico, sem pedras. A personagem que eu adorei foi a Fux, ela é muito fofa, e tem uma paixão platônica por Jacob, embora ele nunca note isso, o que me dá muita dó e fúria, hahaha.
Vou lhes explicar algo muito importante e que faltou. O mundo onde eles vão parar, não é um mundo qualquer, é um mundo de fadas, onde tem anões, goyls (o que Will viraria), e literalmente, fadas. De certa maneira, me lembrou bastante a série Once Upon a Time, onde os contos de fada não tem finais felizes, e conseguem fazer isso de uma forma muito inteligente. Por exemplo, o conto da Rapunzel é usado, mas numa forma modificada, e bem original. Alguns contos são encaixados e nós as vezes deixamos até passar despercebido.
Apesar do início que eu acho que poderia ser construído melhor, o livro é maravilhoso, mesmo!! E aquele final? Eu fiquei num desespero tão grande, que eu corri para ver se tinha continuação, porque eu realmente iria surtar se não tivesse, haha. É engraçado como podemos nos enganar se formos levar em conta somente a capa, ou uma sinopse. A história que tem dentro do livro, em compensação, é melhor do que podemos imaginar.

Nota: ★★★★★


Nenhum comentário:

Postar um comentário