domingo, 4 de dezembro de 2011

Abascanto: a sombra dos caídos


Nome: Abascanto: A Sombra dos Caídos
Autor: Diogo de Souza
Editora: Dracaena
Livro: Skoob
Sinopse:
Em uma rua isolada da cidade, três seres se materializam em pleno ar. Grigori: guardiões de outra dimensão que lutam para proteger a humanidade da influência de seus irmãos caídos. Érico nunca imaginou que eles sequer existiam, ou que seu pai fosse um deles. Após testemunhar uma luta entre estes seres, sua vida se transforma em uma corrida para salvar a si mesmo, sua família, seus amigos. Sua única vantagem: o Abascanto, ser imune aos poderes sobrenaturais dos caídos e dos grigori. Com ele, terá de impedir os planos que um ser de sete mil anos tem para a humanidade... E rezar para que a irmã faça a escolha certa




O livro começa de maneira intensa, com três seres sobrenaturais se materializando em uma ruela qualquer, a partir de uma intensa luz sem que ninguém possa vê-los. Eles não possuem nome, mas a sua existência soa como Kaliel, Daqshael e Oriniel. Eles são Grigoris e vieram para levar os caídos de volta para seu mundo.
Com muita ação já no primeiro capítulo, somos apresentados a uma intensa luta entre os Grigori e os Caídos. Caídos são Grigoris que vieram para o mundo dos humanos em missão, mas após completá-la não quiseram voltar e caíram.
O livro é narrado em terceira pessoa, mas após a luta e alguns anos depois, o foco muda para um garoto que está passando na rua: Érico. Ele sempre fora ignorado pelos amigos e rejeitado, por causa de sua intensa intuição. E dessa vez, enquanto voltava para casa, presenciou uma luta entre pessoas realmente profissionais. O mais estranho - o que na verdade o deixou quase que em pânico - é que eles lutavam entre os carros e no meio das pessoas, sem acertar nenhuma delas. Era como se as pessoas se desviassem exatamente no instante em que uma espada estava prestes a decaptá-la.
O pior é que um dos lutadores percebeu que ele viu toda a luta e agora vai atrás dele. Érico corre como nunca antes para o apartamento que divide com um amigo e, a partir de então, tudo muda.
Ele descobre a verdade sobre seu pai e sua tia, além de descobrir que tem Abascanto, e por isso pode ver a luta entre os seres: um poder com o qual ele nasceu, em que Grigoris não conseguem afetá-lo. Ou seja, ele é imune a todo tipo de poder sobrenatural dos Grigori, inclusive o de invisibilidade: ele consegue vê-los. Além disso, ele agora tem que fazer de tudo para salvar seu mundo de seres que acham que a única maneira de salvar os humanos, é destruindo-os antes.
Bom, não pude falar muito da história porque parece que qualquer coisa que eu disser pode ser spoiler! Mas o livro é realmente bom.
Ele tem ação da primeira à última página, tudo é incrivelmente bem descrito e cheio de detalhes. A aparição dos Grigori logo no começo é algo intenso e você pode até se perder por ainda não estar no ritmo/clima do livro. As cenas de ação são muito bem descritas, apesar de eu me perder em algumas partes, a culpa é minha porque eu realmente não sou boa com cenas de luta.
O livro não é só realmente o que eu disse. Tem muitas reviravoltas e tem momentos que você não sabe o que esperar dos Grigori, dos Caídos e nem mesmo o que o Érico vai fazer, que atitudes vai tomar. A desorientação e confusão do personagem te afetam realmente.
Acho que só não fui feliz com o final! Eu já li A Fuga de Rigel do Diogo e percebi que ele gosta sempre de deixar um final meio que 'para a imaginação dos leitores'. (Aliás, esse outro logo será resenhado por aqui). Mas mesmo assim, o livro é muito bom e percebi também que ambos os livros dele tratam de coisas como telecinese e coisas psíquicas, é muito legal! Você termina o livro (qualquer um dos dois, na verdade) achando que o acaso não é somente o acaso e que você com certeza tem algum sexto sentido psíquico mais avançado HAHAHA.
Recomendo :)

Nota: ★★★★☆



Leeh.

Nenhum comentário:

Postar um comentário