sexta-feira, 25 de fevereiro de 2011

Paixão e Liberdade (Entrevista + Promoção)!


Sinopse:
Pode um reencontro com o passado promover mudanças no presente? Quando duas amigas se reencontram após 20 anos, não são as mesmas pessoas, definitivamente. Mas os fantasmas do que já foram se misturam com os novos personagens em que se transformaram, provocando desconforto, assombro, desconcerto. Camila, uma jovem executiva que tinha tudo para fazer uma carreira brilhante em Marketing, acaba por tomar rumos completamente inusitados, em um país distante da Europa, onde vai conhecer a origem das dores do amor e da incompreensão. Já Isabel, sem tantas ambições profissionais, mas que desde cedo buscou viver com intensidade as emoções proporcionadas pelo amor, passou por duas relações importantes, que resultaram em uma viuvez e uma separação. Um romance arrebatador, que irá prendê-lo da primeira até a última linha.


Novamente, tenho orgulho em resenhar um livro brasileiro, e demonstrar como a literatura nacional está se transformando e invadindo a cultura. Cada vez mais, brasileiros lêem livros nacionais, ao invés de somente internacionais. As histórias, a cada livro, nos surpreendem de uma forma magnífica. Começamos normalmente com poucas expectativas, e ao decorrer, se arrepende por não ter lido antes.
Paixão e Liberdade não é como os lançamentos que vemos ultimamente, de histórias sobrenaturais, de vampiros, anjos e demônios. Pelo contrário, é um enredo digamos que normal, que conta nada além da realidade. Afinal, talvez tenhamos que nos concentrar mais no mundo real, do que imaginário da fantasia e magia, não é? Pois com esses sim, ganhamos e aprendemos lições, que provavelmente, se for tão marcante quanto imaginamos, será inesquecível.

O livro é narrado por Isabel, que recebe uma ligação de uma amiga antiga chamada Camila, cujo está com sérios problemas, e precisa de sua ajuda. Elas não se encontram há muitos anos, o que faz ambas ficarem espantadas com quantos eventos ocorreram durante esses anos em distância. Quem imaginaria que tanta coisa aconteceria após a faculdade?
Isabel, por exemplo, casou-se com um homem perfeito, que tinha tudo para lhe oferecer uma vida graciosa e esplêndida, até que um trágico acidente proporcionou a tristeza profunda não só nela, mas como na pequena filha que eles tiveram.
Camila deu tudo de si por uma empresa, e um homem que nem de longe merecia seu amor, fazendo-a ficar transtornada e tomar certas atitudes preciptadas que em sã consciência, jamais faria. Mas o amor é assim. Nos enlouquece, nos deixa cegos, e impossibilitado de encarar a realidade. Sua última e agoniante opção, fora fugir, em busca de uma vida melhor, tranquila, e distante daquele que lhe causou tanto mal. O que ela mal sabia, é que a jornada acabava de começar.
A narrativa apesar de ser um pouco complexa, é exatamente o que eu espero num livro. Palavras nem tão simples, mas que ao mesmo tempo dê para decifrá-las e compreender, sofrendo juntamente dos personagens, nao sendo apenas um leitor, e sim assistindo de perto. As desilusões amorosas, medos, aflições das personagens nos dava esperança de que elas conseguissem finalmente resolver ambos problemas, que no fim tudo desse certo. O que, aliás, o final foi um choque, mais surpreendente ainda.
A lição que o livro nos transmite, apesar de um pouco triste, é muito intensa e serve para refletir, pensar duas vezes antes de tomar determinada decisão, e avaliar o que pode estar perdendo, ou correndo risco. Será que vale a pena mesmo lutar por algo em vão, sendo que sabemos no que vai dar? Será que vale a pena guardar todo o rancor e segredos, por puro medo, até descobrir que é tarde demais, e não se pode voltar atrás para corrigir o erro?
Essa história é maravilhosa, e recomendo para todos, pois a lição serve para igualmente todos nós refletimos e nos emocionarmos com a história de Isabel e Camila.

Sobre a autora: Flávia Cristina Simonelli nasceu em São Paulo, estudou no Colégio Dante Alighieri e se formou em Letras e Administração pela Universidade de São Paulo.
Em 2001, iniciou seus estudos de Antroposofia, vindo a concluir, anos depois, a Formação de Pedagogia Curativa e Terapia Social e em 2008, começou a cursar Formação Biográfica pela Escola Livre de Estudos Biográficos, com o intuito de aprofundar seus conhecimentos no desenvolvimento da vida humana, com base nas leis biográficas.
Publicou seu romance de estréia, A Porta, em 2007.
E agora, nós da equipe do Hangover at 16, fizemos uma entrevista com a autora de Paixão e Liberdade, a Flávia.
Confira abaixo (:

Hangover: De onde veio a inspiração para escrever Paixão e Liberdade?

Flávia: Já há algum tempo penso na questão da liberdade. Comecei a perceber que é comum na nossa época sentir uma certa insatisfação com a vida, mesmo quando se conquista tudo aquilo que se considera felicidade. Então me perguntei se o que se conquista é de fato a felicidade. Foi com esse questionamento que decidi escrever uma história com personagens que após uma vida cheia de paixões, desejos, medos, ilusões, e até de conquistas, pudessem reconhecer as "prisões" do passado e ir em busca da autenticidade, onde vive a verdadeira liberdade.

H: Você se inspirou em alguém (amigos, familiares, famosos, ou até você mesma) para criar os personagens, ou foi puro fruto de sua imaginação?

F: Os personagens nascem das impressões que ficaram armazenadas durante anos na cabeça do escritor. Tudo o que foi vivenciado, observado e anotado, numa espécie de caderno interior. Assim, mesmo sendo fictícios, os personagens têm uma ligação com a realidade e por isso se tornam verossímeis. Um único personagem pode reunir em seu caráter,em sua descrição física, nos seus gestos e modos de falar, de pensar, de agir aspectos de muitas pessoas. Mas isso não significa que um personagem é a representaçào de alguém da vida real.

H - Na história, Camila não mora no Brasil, e sim na França. Você já foi para esse local, para fora do país assim para ter como base, ou apenas pesquisou sobre a cidade, como a cultura e os costumes, para poder construir o cenário perfeito?

F: Já estive algumas vezes na França, inclusive em Toulouse, cidade de Nathan, e em La Sainte Baume, onde fica a gruta de Maria Madalena, visitada por Camila. E o cenário em Paris também foi bem tranquilo de descrever.

H: Os conflitos amorosos que tanto Camila quanto Isabel passam são bastante comuns, além de bem complicados. Na construção das frustações e sofrimentos, você conseguiu sentir o que as personagens passaram e viveu juntamente as desilusões?

F: Em determinados momentos senti a força da raiva, da tristeza, da indignação. Também do medo, da dúvida, da ansiedade. Essas personagens lutaram para superar suas dores e eu senti tudo isso sim, mas também tive que manter o olhar distanciado, analítico, observador. Por isso escrever é um processo tão intenso e tão intrigante. É preciso poder entrar e sair da vida emocional dos personagens como se entra e se sai de um ambiente. Se pudéssemos fazer assim na vida, com certeza os caminhos se mostrariam muito mais claros.

H: A vida de acordo com o livro, dá varias reviravoltas, uma verdadeira caixinha de surpresas. Qual sua dica para por exemplo quando Camila tomou uma decisão tarde demais? Se arriscar, ou sofrer em silêncio por medo?

F: Existe uma frase que diz que o ser humano é aquele que caminha. Isso quer dizer que a vida tem suas razões para ser cheia de reviravoltas...Porque se não houvesse as reviravoltas, a vida entraria numa mesmice que não leva a nenhuma transformação. E o ser humano, estagnado, perde a chance de crescer, de ir ao encontro de si mesmo. Os momentos mais difíceis da biografia são seguidos de profundas mudanças. É só olhar para a própria vida. Quantas foram as crises que trouxeram mudanças, abriram portas, elevaram a consciência? Assim aconteceu com Isabel, com Camila. O sofrimento as fez encarar os medos, as culpas. Mas nem sempre a vida acaba bem, pois, às vezes, perde-se o momento. E isso acontece quando se tem medo da verdade. Penso que viver a verdade sempre leva para o caminho construtivo A verdade permite a liberdade. Mesmo que enfrentá-la não seja nada fácil.

H: Qual a lição de vida, de acordo com você, que sua história deve transmitir?

F: Ter coragem de olhar para a própria biografia, encarar os fantasmas do passado, os medos do futuro e confiar que o presente sempre traz a porta certa. A porta que pode ser escolhida livremente quando se tem a consciência de si.

H: Qual a sua dica para escritores que estão começando agora a escrever?

F: Olhar para fora e se perguntar: o que a minha história tem a ver com o mundo? E depois, perseverar, sempre...

Nós do Hangover gostaríamos de agradecer pela parceria, por ceder os exemplares e por ter aceito dar a entrevista! Muito obrigada, mesmo! E desejamos a Flavia muito boa sorte com o livro e sua carreira como escritora, pois ela merece todo o sucesso!

O livro no Skoob


---




E para você, leitor do Hangover, ter a oportunidade de ler esse maravilhoso livro da Flávia, nós iremos fazer uma super promoção! Não sortearemos apenas um livro, e sim dois!
Para saber como participar, é só seguir as regras a seguir!

► Ter endereço de entrega no Brasil;
► Ser seguidor do blog;
► Deixar um comentário nesse post (de preferência um comentário que fale sobre a resenha e entrevista)

Com esses três simples passos feitos, agora é só seguir o formulário a seguir, nas partes obrigatórias! Clique aqui.

Agora, se você quer ter mais chances de ganhar, veja a seguir:

► Ser seguidor do @hangoverat16 (preencha mais uma vez o formulário)
► Ser seguidor da @flaviasimonelli (preencha novamente)
► Tweet a mensagem a seguir - ou poste-a em outras redes sociais - a cada 6 horas (4 vezes por dia) (preencha mais uma vez o formulário a cada divulgação):


Eu quero aprender a ter Paixão e Liberdade, com o livro da @flaviasimonelli que o @hangoverat16 está sorteando! http://migre.me/3WRDt


► Método roubado retirada do Livros e Bolinhos: Quem comentar nas postagens de ambos os blogs a partir deste post, poderá preencher mais uma vez a cada comentário, sendo que só será valido um comentário por post e que seja algo decente, comentários do tipo “Adorei o post, beijosmeliga!” não serão validos. Basta colocar o link do post em que comentou na parte “Link de divulgação” no formulário.


Resultado:
♦ O resultado da promoção sai dia 08/04/2011
♦ O vencedor será contatado via email e terá até dois dias para responder, caso contrário, será feito um novo sorteio.


Dúvidas? Entre em contato pelo hangoverat16@gmail.com :)

39 comentários:

  1. Você perguntou quais livros eu li. Pois então, eu li Paixão e Liberdadee Fuga de Rigel. Haha.

    Beijinhos, Babi

    www.a-viajante-dos-livros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Muito legal gente\! Adorei.
    Obrigada por vistar o Livros e Feitiços ♥

    Bjus,Sofi.
    vida-de-garota-brasil.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Oiii, gostei muito da resenha , achei que foi bem sincera e explicativa .Parabéns pelo blog ele é muito bem feito.beijos
    obs:Se vcs um dia quiserem fazer parceria com o meu blog eu ia ficar muito feliz.

    http://oslivrosdeclara.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. Gostei muito da resenha e da entrevista.
    O livro parece ser ótimo, o que me deixa MUITO feliz, já que mostra o quanto os autores nacionais são talentosos.

    Beijos
    Amanda
    Amanda's World

    ResponderExcluir
  5. Adorei a resenha e a entrevista tb.
    Já tinha lido sobre esse livro em outro blog.!
    Adorei. Fico imaginando eu daqui uns anos com minhas amigas fofocando sobre o passando hahaha e as asneiras :x
    Quero conhecer a França mimi
    bjs

    Nana
    Obsession valley

    ResponderExcluir
  6. Eu ja li e amei o livro, tambem adoro ler um bom livro nacional, amei a entrevista, beijos.

    ResponderExcluir
  7. Eu estou louca para ler esse livro há séculos.
    Quando falaram em outros blog e botaram a resenha, tipo , ai, eu tenho que ler.

    Mt perfeito

    Bjs

    ResponderExcluir
  8. Gostei bastante da resenha, o livro aparecer ser bom o suficiente por ser de uma escritora brasileira, já que eu não sou uma grande apreciadora de obras brasileiras. mas concerteza vou ler algum dia.

    ResponderExcluir
  9. quero muito esse livro
    parabén flavia, e parabéns ao blog pela entrevista

    ResponderExcluir
  10. Ah, também já li esse livro, realmente é bem interessante ;*
    Adorei a resenha!

    Beijos&beijos
    Book is life

    ResponderExcluir
  11. Olá, meninas!! Adorei a entrevista que vocês fizeram com a autora, parabéns!!
    A Flávia me pareceu ser uma pessoa super simpática e atenciosa. Adorei conhecer um pouco mais sobre a trajetória dela como escritora.
    Bom findi.
    Bjos.


    Mariana Ribeiro
    Confissões Literárias.

    ResponderExcluir
  12. Ei,ei,já to participando!
    Gostei da entrevista e é legal como autores brasileiros estão cada vez mais abrindo espaço!

    Bjins...

    ResponderExcluir
  13. A entrevista e a resenha estão ótimas!
    Se eu já estava com vontade de ler o livro agora estou com muito mais vontade!
    Já estou participando!!

    ResponderExcluir
  14. Ja li algumas resenhas desse livro. Parece uma historia bem legal, mas nao faz meu tipo.
    Adorei muito a entrevista, muito boa.

    Abraço
    Victor Lopes
    yaboys.blogspot.com

    ResponderExcluir
  15. AIn, de começo eu tinha a grande sensação que esse livro era super auto ajuda, mas depois mudou totalmente, tenho super curiosidade em ler esse livro! :D
    Beijos,K.
    Girl Spoiled

    ResponderExcluir
  16. Boa entrevista, meninas. Assim como a Karine, também achava que era auto-ajuda e esclareceu bastante coisas.

    ResponderExcluir
  17. Parabéns gurias! A resenha e a entrevista estão de nota 10!

    Beijos
    Ale
    http://introducingyouabook.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  18. A Flávia demonstra na entrevista ser super simpática e o livro parece ser super interessante.

    ResponderExcluir
  19. Essa postagem sobre o livro Paixão e Liberdade me arrepiou aqui... Nossa, agora eu quero ler esse livro de qualquer jeito!
    Vou participar, quem sabe eu ganho *-*

    Boa sorte à todos!

    ResponderExcluir
  20. A flávia é uma fofa! *_*
    Queria saber sobre paris mesmo. ótima entrevista povo!


    bjocas

    ResponderExcluir
  21. Esse já está na minha lista. Tenho a impressão q vou gostar mto da história.

    Parabéns pela resenha!

    BjoO
    Pri
    Entre Fatos e Livros

    ResponderExcluir
  22. Estou lendo o livro e adorando, acho que hj mesmo termino ;)

    A entrevista ficou show!!

    Sucesso com a promo, nao vou participar, pq já tenho ^^

    Beeeijo
    Rapha - Doce Encanto

    ResponderExcluir
  23. Puxa, que resenha boa! Já tinha lido outras resenhas a respeito de "Paixão e Liberdade", mas a sua ficou especialmente boa ^^
    Fiquei muito feliz em saber um pouco mais sobre a vida da autora, afinal, sempre bate uma curiosidade em saber né?!
    Beijos, ótima semana =*

    ResponderExcluir
  24. Cada dia que passa, os livros nacionais estão ficando cada vez melhores.
    Eu já li muitas resenhas sobre esse livro.
    É muuuito interessante essa história.

    ResponderExcluir
  25. Adorei!!! Paixão e liberdade são coisas almeijadas por todos nós, sempre!! e viva a literatura nacional!!!

    ResponderExcluir
  26. Curtii muito a resenha e a intrevista, espero ser um dos sortudos para ganhar esse grande livro!

    ResponderExcluir
  27. Adorei! Muito bom! Parabéns!

    ResponderExcluir
  28. Nossa, fiquei muito animada pra ler esse livro, ainda mais depois que li a entrevista e senti que realmente é um livro das próprias experiências da autora, não apenas algo inventado.
    Quero muito ganhar *-*

    ResponderExcluir
  29. Participando e divulgando!
    Ah, estou cada vez mais curiosa para ler este livro!

    ResponderExcluir
  30. O título lembrou-me 'Orgulho e Preconceito' e 'Razão e Sensibilidade', ambos de Jane Austen, mas a sinopse comprova que nada tem uma coisa com a outra, e parece bom para se dar de presente, já que não faz o meu estilo literário :S Ótima resenha, gostei do apoio aos autores brasileiros!

    { http://livrosletrasemetas.blogspot.com/ }

    ResponderExcluir
  31. participando, parabéns pela entrevista

    ResponderExcluir
  32. Eu já li esse livro e é realmente muito bom! É uma leitura complexa, sim, o que me incomodou no começo, mas logo a gente se acostuma e tem cenas muito fortes que nos ensinam mesmo!
    Parabéns pela entrevista! A Flávia parece ser muito simpática e merece mesmo muito sucesso *--*
    Vou participar da promoção... Posso presentear alguém com o livro, caso ganhe!

    Beijos
    Meu blog literário:
    http://leitoracompulsiva1.blogspot.com/
    Se me seguir agradeço

    ResponderExcluir
  33. Eu quero muito ler esse livro. Parece ter um enredo muito intrigante e sua resenha me deixou super curiosa para descobrir qual é o final da história. E parabéns pela entrevista. A autora parece ser muito simpática e espero que tenha muito sucesso com esse livro ^.^

    ResponderExcluir
  34. Amei a resenha e a entrevista. Últimamente tenho me interessado mais pela literatura brasileira e estou com muita vontade de ler esse livro.
    B-jus

    ResponderExcluir
  35. Amei a entrevista, e o livro é bem interessante. Quero ele na minha estante!

    ResponderExcluir
  36. Muito legal a entrevista.
    Estou muito a fim de ler esse livro,
    e saber como será dado o destino das duas amigas.

    Bjoos *-*

    ResponderExcluir
  37. Adorei a entrevista e a resenha, me deixou com mais vontade de ler o livro! Já tinha lido sobre o livro no skoob e adorei. Gosto muito dos autores brasileiros, é sempre bom valorizar nosso país, tem muita gente talentosa por aí.
    Quero muito esse livro na minha estante *-*

    ResponderExcluir
  38. Nunca tinha lido uma resenha com entrevista... gostei bastante.

    ResponderExcluir
  39. Muito boa a entrevista parabens.... Participando

    ResponderExcluir