segunda-feira, 16 de abril de 2018

De Volta aos Quinze

Título: De Volta aos Quinze
Autora: Bruna Vieira
Série: Meu Primeiro Blog - #1
Editora: Gutenberg
Ano: 2013
Páginas: 224
Livro: Skoob
Sinopse:
O que você faria se pudesse voltar no tempo? Será que, ao fazer escolhas diferentes, você conseguiria mudar sua vida para melhor?
Anita tem 30 anos, e sua vida é muito diferente do que ela sonhou para si. Um dia, ao reencontrar seu primeiro blog, escrito quando tinha 15 anos, algo inusitado acontece, e tudo ao seu redor se transforma de repente. Com cabeça de adulto e corpo de adolescente, ela se vê novamente vivendo as aventuras de uma das épocas mais intensas da vida de qualquer pessoa: o ensino médio. Ao procurar modificar acontecimentos, ela começa a perceber que as consequências de suas atitudes nem sempre são como ela imagina, o que pode ser bem complicado. Em meio a amores impossíveis, amizades desfeitas e atritos familiares, Anita tentará escrever seu próprio final feliz em uma página misteriosa na internet.

Aos 30 anos, Anita chegou a uma fase onde se vê sem rumo. Não gosta de seu trabalho, de sua vida amorosa, tampouco da sua rotina. Mesmo com sua vida estando uma bagunça, ela continua seguindo e encarando eventos que preferia passar longe como, por exemplo, o casamento de sua irmã.

Lá, ela encontra sua prima Carol, de quem sempre foi próxima, mas que havia se distanciado consideravelmente após sua união com o marido prepotente, Eduardo. Embora Anita achasse que o casamento fosse ser uma chatice, felizmente seu padrinho companheiro é ninguém mais, ninguém menos, que Henrique, seu melhor amigo desde os tempos da faculdade. Henrique agora morava na França, e havia retornado à Minas Gerais apenas pelo casório, assim como Anita, que atualmente residia em São Paulo.

Mais pra metade da festa, Anita dá um escândalo envolvendo Carol e Eduardo, e assim que ela é afastada da festa e levada de volta pro quarto, ela liga o notebook pra se distrair da cena que havia acontecido minutos antes. Ao acessar a internet, ela se depara com uma mensagem de sua melhor amiga, Helena, que falava sobre ter encontrado o link do blog de Anita de quando entrou pro ensino médio, e ao clicar no site, Anita vê tudo girar e a visão apagar.

Quando acorda, ela está em seu quarto, mas não o dos 30 anos, e sim seu quarto de quando tinha 15 anos. Ela não sabe como, mas retornou ao seu primeiro dia de aula, onde teria a chance de mudar tudo.

A princípio Anita imagina que aquele tenha sido apenas um sonho, mas após o suposto sonho se repetir como uma continuação por mais vezes, ela percebe que aquela pode ser a sua segunda chance. Aquela pode ser a oportunidade para mudar todo o seu futuro. Sendo assim, Anita toma decisões diferentes, anda com outras pessoas e também descobre segredos de pessoas do seu presente.

Cada vez que Anita voltava à realidade, o ambiente ao seu redor estava diferente, mas quando as pessoas também passam a ser outras, Anita começa a se desesperar com a ideia de ter estragado tudo de vez.


De volta aos quinze é um livro que está na minha lista de desejados no Skoob há um boom tempo. Esses dias, à procura de um romance leve pra ler, acabei encontrando a obra e resolvendo que enfim estava na hora de conferir a história.

A escrita da Bruna é boa, descontraída e descolada, mas dá pra perceber certa imaturidade nas palavras, até mesmo nos personagens, algo já esperado por ter sido um dos seus primeiros livros.

Anita me deu raiva muitas vezes. É de se imaginar que, tendo a cabeça de 30 anos, ela retornaria aos 15 com pensamentos muito mais claros e lógicos de como resolver a situação, mas tudo o que ela conseguiu foi tornar a confusão pior, e não de uma forma engraçada, mas sim de um jeito tapado que dá vontade de dar uns balanços na menina pra ela entender que estava fazendo tudo errado.

O romance, então, foi a pior parte. De repente, num piscar de olhos mesmo, ela se apaixona por uma pessoa que sempre estava ao seu lado, só que o de repente não é tão de repente assim, já que ela só “se apaixonou” porque descobriu que ELE estava apaixonado por ela. Daí ela passa de amizade pra uma obsessão absurda.

A viagem ao passado provoca nostalgia no leitor, isso é verdade e inevitável, mas o lado triste é que as cenas em que ela está com 15 anos são poucas, e eu esperava que fosse ser algo mais contínuo, não tanto vai-e-volta.

A premissa da história é bacana e instigante, um prato perfeito para todos que lembram da época escolar com aquela mescla de saudades e ódio, mas infelizmente não alcançou todas as minhas expectativas.

Nota: 3


Sobre mim: Carolina Rodrigues, 22 anos, biomédica e autora do livro O Poder da Vingança. Adora dançar e ir pra praia, mas o que a faz realmente feliz é poder passar um dia inteiro lendo, vendo séries, escrevendo histórias ou ouvindo música.

Nenhum comentário:

Postar um comentário