sábado, 27 de janeiro de 2018

Os 12 Signos de Valentina

Título: Os 12 Signos de Valentina
Autora: Ray Tavares
Editora: Galera Record
Ano: 2017
Páginas: 392
Livro: Skoob
Sinopse:
Isadora é ariana e seu ex namorado pisciano... Inferno astral! Em busca da combinação astrológica perfeita, ela cria um blog para relatar suas experiências. Isadora descobriu da pior forma possível que o namorado a traíra. E com sua melhor amiga, ainda por cima! A estudante de jornalismo entra numa fossa sem fim. Sem nenhum estágio à vista, ela se afoga em filmes feitos para chorar, pizza e em sua mais nova obsessão: stalkear o perfil do ex namorado no Facebook. Até descobrir exatamente o que deu errado entre ela e Lucas: seus signos são incompatíveis. Basta encontrar um rapaz de libra e seu mundo entrará nos eixos novamente. Com a nova obsessão e a desculpa do trabalho final de jornalismo online, uma reportagem investigativa sob um pseudônimo, Isadora une o útil ao agradável e cria um blog para relatar a experiência: Os 12 signos de Valentina. Já que precisa encontrar o libriano perfeito, por que não aproveita e experimenta os outros signos do zodíaco para ter certeza mesmo?

Depois de seis anos namorando Lucas, Isadora descobre que ele está a traindo da pior forma: No seu aniversário, onde aparecem fotos de Lucas com Amanda, uma colega de faculdade de Isadora, num vídeo que os amigos prepararam. Eventualmente, Isadora descobre que a própria Amanda armou, colocando as fotos para que Lucas enfim terminasse com Isadora. Ou seja, a traição já vinha de tempos.

Extremamente abalada, Isadora passa quase um ano inteiro após o término sofrendo, stalkeando o perfil do ex-namorado no Facebook diariamente e relembrando dos bons momentos que viveram. Isa não se conformava com a traição, e entrava numa depressão cada vez maior até que Marina, sua prima, a obriga a se vestir e ir com ela e Rodrigo, seu namorado, para uma balada.

A maior vontade de Isa é de apenas ficar em casa assistindo Netflix enrolada num cobertor e se entupindo de comida, mas resolve aceitar o pedido de Marina somente porque ela andava sendo uma amiga e tanto, sempre ao seu lado aguentando suas lamúrias sem reclamar.

Na balada, Rodrigo apresenta três amigos seus e, embora de cara Isa se interesse por um deles, o Andrei, ela sabe que não está pronta nem mesmo pra um flerte, quanto mais pra umas pegadas, então resolve se embebedar para tentar esquecer Lucas.

Quando a balada já está vazia, prestes a fechar, Isa é ajudada por Marisa, a senhora que está tentando limpar o banheiro feminino, e Isa acaba desabafando com a pobre senhora quanto ao namorado, e é aí que finalmente descobre o motivo de seu relacionamento com Lucas não ter dado certo. Era tão simples!

Ela era de Áries e ele era de Peixes.

Os dois signos não combinam! Peixes é o inferno astral de Áries!

Tudo estava explicado.

Então por que continuar tentando? Porque me enfiar no meio de todos aqueles jovens que um dia encontrariam as tampas de suas panelas, as metades das suas laranjas, as carnes para as suas unhas? Só para me frustrar mais um pouco? Porque é que a gente tem esse estranho fetiche de nos sabotar?

Com isso em mente, Isa resolve ir atrás de mais informações a respeito do zodíaco – afinal de contas, antes da senhora ter falado sobre isso, ela nunca dera importância para astrologia. Isa fica tão obcecada com os signos e seus ascendentes que, durante uma conversa com a prima, ela tem uma ideia: passar o rodo! Em outras palavras, ela une o útil ao agradável.

Primeiro, a ideia começou a se modular através de um trabalho pra faculdade que ela precisava fazer. Isa estudava Jornalismo, e a tarefa dada pelo professor era de construir uma investigação, ou seja, retratar sobre um assunto de forma aprofundada, procurando todos os dados possíveis a serem acrescentados.

Como Isa estava na fase #alokadosignos, e como também precisava esquecer Lucas urgentemente, eis que ela resolve criar um blog chamado Os 12 Signos de Valentina que retratará sua experiência com cada signo. Seu desafio é conhecer um cara de cada signo, apresentar seus defeitos e qualidades característicos do signo e, obviamente, beijar muito na boca.

Porque esse é o grande problema das decepções amorosas e finais de relacionamento: tudo o que é maravilhoso um dia acaba. Mas quem disse que não podemos criar novas memórias tão maravilhosas quanto?

A princípio, Marina e seu namorado dão apoio total à Isa, afinal de contas isso seria um incentivo para que ela saísse da fossa e aproveitasse a vida, e dessa forma eles logo encontram um amigo ariano para Isa começar seu experimento.

Seu primeiro signo do zodíaco acaba sendo divertidíssimo. No post, Isa cria pseudônimos para eles, descreve como foi o encontro, o que a agradou, o que a incomodou, e também como é o beijo.

Aos poucos, o blog cai na boca do povo e vira um sucesso. Isa estuda na USP, em São Paulo, e basicamente a universidade inteira está comentando sobre seu blog. Não apenas a classe, que tinha maior conhecimento acerca do trabalho, mas todo mundo. Apenas o professor sabe a identidade do autor do blog, portanto logo é montado um rebuliço na classe, com apostas sobre quem é a Valentina. Será que era mesmo uma mulher? Será que era mesmo ariana? Os boatos e fofocas eram tantos que Isa não poderia se sentir nada menos que orgulhosa com seu trabalho, o que a provia mais ânsia para continuar a saga.

Parecia que uma vida inteira havia se passado desde o dia em que Marina decidiu me arrancar a tapas da depressão.
Uma vida cheia de emoções, descobertas, garotos e paixões.
E quer saber?
Eu estava me divertindo.

O único “problema” é que, enquanto prossegue sua missão de encontrar caras de determinados signos, Isa vai se envolvendo com Andrei, o nerd da noite da balada que a faz rir e a preenche com emoções que Isa pensava que nunca mais sentiria.

Quanto mais se aproxima de Andrei e prevê a iminente paixão por ele, Isa se vê num grande dilema: Continuar com o projeto de Valentina, ou desistir para ficar ao lado de alguém que realmente a faz feliz? Principalmente quando justo esse alguém é adotado e não sabe a qual signo pertence.

Isa sabe que Libra é o paraíso astral de Áries e estava ansiosa para encontrar o seu “libriano perfeito”, mas será que valeria a pena continuar com aquela fantasia e correr o risco de perder Andrei?



Eu estava looouca pra ler esse livro desde o lançamento. Os 12 signos de Valentina já é bem conhecido pelo pessoal que frequenta o Wattpad, onde a história possui mais de 2 milhões de leitores. E olha, como é maravilhoso quando o livro consegue superar totalmente as nossas expectativas!

Antes de tudo, preciso dizer que AMEI a escrita da Ray Tavares. Amei, amei e amei! Que escrita leve, fluída, ágil e extremamente divertida! Ela possui um jeito único de narrar. Se assemelha um pouco com a Carina Rissi, mas acho que é mais descolada, moderna, jovem, além de bem construída. Não parece uma autora iniciante, e sim uma bem experiente. Me vi mergulhada nas páginas não somente pela história, mas também pela escrita despojada, inteligente e engraçada. Pode ter certeza que você ganhou uma fã, Ray!

Provavelmente num acordo entre a autora e a editora, o uso de hashtags e gírias não foi poupado. Temos palavrões, expressões da nossa geração, e o melhor de tudo: Referências a livros e filmes, e muita, MUITA música! Eu aaaamo quando livros possuem trilha sonora e trechos ou citações de músicas, principalmente quando eu as conheço hahaha e no caso, em sua maioria são músicas atuais e super conhecidas. Óbvio que eu ri alto quando me deparei com o Tom Fletcher, vocalista da banda McFly, no signo de câncer. Nos agradecimentos, a autora cita a banda, e já era de se imaginar, já que grande parte dos livros derivados de fanfics e histórias do Wattpad são inspiradas neles (o meu próprio livro, O Poder da Vingança, incluso nisso).

Um ponto extremamente importante para nos afeiçoarmos com a obra: a personagem. E a Isa aqui é DIVERTIDÍSSIMA! Nossa, como eu ri com as loucuras que ela passou. Parecia que eu estava vivendo tudo junto dela. Adorei como ela adotou Valentina como uma segunda personalidade, uma ousada que flertava sem medo, e bastante extrovertida, o que no fundo tinha um pouquinho (se não muito) da própria Isadora de verdade. Ela era assim mesmo: Engraçada, simpática, com tiradas rápidas, mas também um pouco tímida e briguenta.

É legal também como Ray aproveitou algumas cenas para dar recados para a sociedade sobre machismo, ciúmes, possessividade e preconceitos, já que obviamente haviam aqueles que criticavam a Valentina estar “passando o rodo” nos signos. Nunca podemos julgar sem antes compreender o motivo, não é? Na verdade, não devemos julgar em ocasião alguma. Cada um tem sua vida e não tem o que se meter na do outro.

Andrei é o perfeito nerd que dá vontade de agarrar e colocar num potinho. Ele mostra como apesar de todas as teorias sobre signos poderem ser reais, devemos gostar ou odiar a pessoa, não o signo dela. Existem aqueles com mania de rotular os outros pelos signos, e apesar das características comuns, pode sempre haver um escorpiano da paz e um canceriano nada dramático.



Mas euzinha aqui, taurina completa com ascendente e lua em gêmeos, fiquei mais do que animada lendo o livro e as definições dos signos. E é claro que assim que terminei o livro, corri pra fazer o meu mapa astral. É minha gente, tenho um fraco por horóscopo, fazer o que? Nem todo mundo é perfeito. Sou taurina da cabeça aos pés. Teimosa, gulosa, ciumenta, preguiçosa, mas só não acreditava ter algo de gêmeos até ler e compreender melhor.

Para os que não acreditam ou botam fé nesse papo de signos, honestamente eu não recomendo. Quer dizer... Você pode até se sentir instigado a procurar mais a respeito, se interessar e realmente passar a acreditar, mas o mais provável é que ache tudo um monte de ladainha e não entre de cabeça na história, e isso seria uma pena, porque Os 12 signos de Valentina é sensacional! Livro é cultura, viu? Ray deve ter tido um trabalhão pesquisando a fundo sobre cada signo, e fiquei admirada o livro inteiro pela riqueza de informações que ela depositou de um jeito completamente natural e condizente.

O que eu posso dizer desse livro que conheço há pouco tempo e já considero pakas? Leiam! Eu poderia ficar falando o dia inteiro sobre astrologia agora que estou no embalo, mas felizmente já tenho um canceriano que ama o assunto tanto quanto eu e que já me encheu tanto falando sobre os nossos signos, da nossa família e da geração inteira que eu já nem aguento mais.

Com uma escrita leve, descontraída e super envolvente, Os 12 signos de Valentina vai te fazer rir, sonhar e suspirar muito. Uma leitura que mal você termina, quer começar de novo. E essa capa.... Que coisa mais linda! Se toda essa resenha repleta de elogios não te convenceu a ler, olha só essa capa encantadora!

Beijos estrelares pra todos vocês.

PS: Ray, eu quero livro novo seu pra já!

PS²: Vocês já viram taurino tentando fazer dieta? Pensa numa tortura. Mas numa BEM grande. Acho que nem término de namoro dói tanto neles.

Nota: 5


Sobre mim: Carolina Rodrigues, 22 anos, biomédica e autora do livro O Poder da Vingança. Adora dançar e ir pra praia, mas o que a faz realmente feliz é poder passar um dia inteiro lendo, vendo séries, escrevendo histórias ou ouvindo música.

Nenhum comentário:

Postar um comentário