terça-feira, 27 de dezembro de 2016

Livros que li, mas não resenhei


Oie, pessoal! Como vocês estão? Ansiosos por 2017?

Bom, eu fiquei pensando em posts diferentes pro final do ano, e pensei nos livros que li, mas não resenhei. Não sei vocês, mas após terminar um livro, eu sinto obrigação de resenhá-lo e, caso não escreva, fico me sentindo culpada. É como se eu estivesse traindo ele. Juro.

Acho que todo blogueiro entende o que é começar a construir a resenha na própria cabeça a partir do momento em que abre a primeira página do livro, né? Mas com alguns livros isso simplesmente não acontece, e são os que a gente acaba deixando a resenha de lado. Por isso, resolvi apresentar os livros que li esse ano, mas que acabei não resenhando (assim eles não ficam chateados comigo).









Esses são os não-resenhados que receberam nota 5. Tentei colocar em ordem dos que mais gostei. Três coisas sobre você entrou pra lista de favoritos e só não resenhei porque muitos blogs já haviam o resenhado recentemente, e também porque amei demais o livro e não estava em condições de fazer uma resenha digna. Meu coração & outros buracos negros fala de suicídio e li logo após terminar Por lugares incríveis, aproveitando o embalo. O final apresenta uma perspectiva diferente do livro anterior. Engraçado A Fúria e a Aurora do lado de Senhorita Aurora, não? Duas obras que me surpreenderam positivamente. Livros abaladores e profundos. Os restantes também são maravilhosos, sua maioria de leitura fluida e envolvente.











Seguindo a ordem dos que mais gostei, Mentira Perfeita acabou se tornando o meu favorito da Carina Rissi. Trama é simplesmente sensacional, uma obra muito bem escrita e desenvolvida. Esse ano foi intensivo de Colleen Hoover. Li basicamente todos os livros dela, e Métrica e Talvez um dia acabaram sendo os que eu menos gostei. Os restantes foram okay. Nada demais. A Corrida de Escorpião é o que se destaca, uma história diferente e curiosa, mas que peca em certos detalhes.










Com uma nota dessas, não da pra dizer que eu cheguei a gostar de algum desses, só suportei. O Mar Infinito é o segundo volume de A 5ª Onda e não acrescenta absolutamente nada à história. Minha vida mora ao lado e Quase um romance foram decepções enormes. Duas obras com 0 emoção e um monte de enrolação. Fale! retrata abusos e, embora seja um assunto importante, não acho que foi retratado da melhor forma. Um livro que se torna exaustivo.




Não resenhei pra me poupar e poupar vocês. Não gostei. Como eu era antes de você é o meu livro favorito de romance, e não adianta dizerem que foi um livro válido, que mostrou a superação da Lou. Não acho. Tudo o que eu vi foi uma mulher regredindo, uma filha que não combinou com a história, e um romance forçado. Existem livros que N-Ã-O foram feitos para ter continuação, e esse é um deles. 


-------------------------------------------------------
Eu raramente dou nota 1 pra livro porque sou boboca e não tenho coragem, então felizmente não dei nenhuma nota 1. Assim parece que eu não resenhei quase nenhum livro esse ano, né? O problema, na verdade, é que eu li muito, então não deu pra resenhar tudo. 

E aí, vocês já leram algum desses? Qual livro vocês ficaram com preguiça de resenhar esse ano?



Sobre mim: Carolina Rodrigues, 21 anos, mora em Santos e cursa faculdade de Biomedicina. Adora dançar e ir pra praia, mas o que a faz realmente feliz é poder passar um dia inteiro lendo, vendo séries, escrevendo histórias ou ouvindo música.

Nenhum comentário:

Postar um comentário