sexta-feira, 17 de junho de 2016

Ligeiramente Escandalosos

Título: Ligeiramente Escandalosos
Título Original: Slightly Scandalous
Autora: Mary Balogh
Série: Os Bedwyns - #3
Editora: Arqueiro
Livro: Skoob
Sinopse:
Freyja Bedwyn é uma mulher diferente das outras damas da alta sociedade: impetuosa e decidida, ela preza a independência e a liberdade acima de qualquer coisa – até mesmo do amor.
Até que o destino lhe apresenta Joshua Moore, o marquês de Hallmare, um homem cheio de charme e mistério, dono de uma beleza estonteante e de uma reputação terrível. Quando ambos se encontram a caminho da pacata cidade de Bath, a química entre os dois é imediata.
Entre encontros e desencontros, conflitos e provocações, Joshua faz uma proposta inusitada: pede que Freyja finja ser sua noiva, para evitar que uma artimanha de sua tia o leve a se casar com a própria prima.
Para uma dupla que acha graça das convenções sociais, esta parece ser a oportunidade perfeita para se divertir. Mas a brincadeira acaba trazendo consequências inesperadas. Aos poucos, suas máscaras vão caindo e ambos se revelam pessoas bem diferentes do que aparentam.

Ao saber do nascimento do primeiro filho de Kit, Freyja Bedwyn decide num momento de desespero ir para Bath, visitar sua amiga Charlotte e fugir da festividade em torno do bebê quando Kit era para estar casado com ela, não com Lauren.

No caminho para Bath, ela se hospeda numa estalagem que, tarde demais, descobriu não ter tranca na porta. Freyja não se importava com nada disso, só precisava ficar sozinha em paz, mas o que se segue é exatamente o contrário quando um homem invade seu quarto, implorando que ela o ajudasse a se esconder. E o choque maior é descobrir quando chega à Bath que aquele homem belo e sempre sorridente em gozação que lhe beijara era ninguém menos que Joshua Moore, o marquês de Hallmere.

Já de início a relação deles é conflituosa – Freyja sempre acaba por desferir um soco no nariz do marquês, e ele se diverte com a situação, cada vez mais tentado a provocá-la. Ambos costumam ir aos mesmos eventos, portanto se torna impossível evitar um ao outro, e eles acabaram descobrindo que a companhia um do outro é mais agradável do que era de se esperar, portanto não foi nenhum sacrifício fingirem um noivado para que a tia de Joshua parasse de importuná-lo. Mas será que de fato era apenas uma farsa? Como dizia Josh, eles estavam cada vez mais encrencados.

E se vivermos com medo, Free, como aproveitaríamos o tempo que nos é designado?

Embora essa seja a base da história, ela não se resume à isso. Joshua tem seus dilemas quanto a exercer seu papel de marquês, já que seu primo, encarregado pelo nome, morrera há poucos anos. Ele precisa se adaptar à nova responsabilidade, mas se encontra bem longe disso. E por outro lado, Freyja é uma solteirona de 25 anos que ainda tem o coração partido por Kit, a quem devia ter se casado e por vingança fora trocada. Além da família dela né, os incríveis Bedwyns, que não podiam ficar de fora. Me deixem participar dessa família tambéeem <333 hahaha.

O romance de Freyja e Joshua não é aquele arrebatador, que deixa o leitor suspirando. Josh é encantador, não há como não simpatizar com ele. Mas a Freyja, viu... Ela tem uma personalidade e temperamento forte, isso admirei muito, mas a sua teimosia em ignorar os sentimentos é de enlouquecer, chegou uma hora que infelizmente já estava me irritando porque era tudo tão óbvio, e ainda assim ela insistia em recusar o que sentia e o quão felizes eles podiam ser juntos.

Tirando isso, não tenho o que reclamar. É uma história rica, diferente inclusive da maioria dos livros de época. Traz mais do que simplesmente amor; traz a lealdade, a diversão, a forma como conhecemos uma pessoa e o quão especial ela pode se tornar sem que percebamos.


Nota: 5

Sobre mim: Carolina Rodrigues, 21 anos, mora em Santos e cursa faculdade de Biomedicina. Adora dançar e ir pra praia, mas o que a faz realmente feliz é poder passar um dia inteiro lendo, vendo séries, escrevendo histórias ou ouvindo música.

Nenhum comentário:

Postar um comentário