sexta-feira, 11 de março de 2016

[TAG] Pokémon Book Tag

Oie queridos dragões, hoje é dia de TAG! Fui indicada para responder a Pokemon Book Tag pela Tami do Meu Epílogo, a Tati do Gatita&Cia, e a Denise do Momento Crivelli. Créditos da imagem é da Denise!


Pikachu – Um livro que te chocou.


Li sem pretensão e quando fui notar já estava aflita com a situação dos personagens.



Squirtle – Um livro que te fez chorar.


Choreei, chorei, choro só de lembrar da história. É incrivelmente lindo, principalmente pelo modo delicado no qual a autora constrói o amor impossível do casal.



Charizard – Um livro que te deixou tão bravo que você queria colocar fogo nele.


Que chatice os responsáveis pela menina, e que chatice o menino sendo trouxa e levando na cara da menina.



Pidgey – Um local de um livro para onde você gostaria de voar.


E participar de todas as aventuras junto do Call, Aaron, Tamara, e Devastação <3



Meowth – Um livro que você não compraria de novo.


É um livro bom, mas mais do mesmo, além de a menina dar nos nervos. Não me arrependo de ter comprado, mas não sentiria urgência em comprá-lo caso já tivesse lido.

 
Torchic – Um livro que te faz sentir quente por dentro.


É um livro que devorei e só de falar já dá saudade e vontade de reler.



Psyduck – Um livro que te deixou confuso e desesperado por respostas.

É o primeiro volume, e fiquei doida com o final, cadê essa continuação que devia estar nas minhas mãos já? Hahaha



Jigglypuff – Escolha um personagem fraco que você não conseguiu evitar amar.


Não consigo pensar em alguém mais fraco e forte ao mesmo tempo que eu mais ame do que o Will. Meu coração já se encontra despedaçado ao pensar no filme que está por vir.


Piplup – Um livro subestimado.


Não digo pelo livro em si, mas o autor. Como a fase a todo vapor do Nicholas Sparks passou, restou só a maior parte dos leitores que nem chegam perto dos seus livros por já esperarem aquele romancinho clichê. Eu tinha esse pensamento. E quando decidi deixá-lo de lado, me surpreendi com a leitura agradável que tive. Pode retratar amor, sim, mas das suas mil formas que existem, então ao menos arrisquem em um dos tantos livros dele, garanto que não vão se arrepender.



Mr. Mime – Quantas pessoas você irá taggear e quem são elas.

Realidade Caótica
Buscando Sonhos
Borboletas de Papel
My Dear Library
Nuclear Story



Sobre mim: Carolina Rodrigues, 20 anos, mora em Santos e cursa faculdade de Biomedicina. Adora dançar e ir pra praia, mas o que a faz realmente feliz é poder passar um dia inteiro lendo, vendo séries, escrevendo histórias ou ouvindo música.

Nenhum comentário:

Postar um comentário