segunda-feira, 24 de novembro de 2014

TAG: Dias da Semana em Livros



Heey, povo! Como vocês estão?

Espero que bem, porque eu to mais que ótima, já que finalmente tô de férias, UHUULES! Não sei se vocês repararam, mas o blog andou meio parado na última semana, justamente pela correria. Meu cérebro já tava dando até nó de tanta coisa pra ler, e vai continuar dando, mas pelo menos agora é válido, já que finalmente vou poder ler todos meus livros lindos <333333

Bom, pulando a alegria, a Caverna foi indicada pela Liah do blog Confissões de um Leitor pra responder a Tag "Dias da Semana em Livros", que foi criada pela Pam da Garota It. Achei a tag super criativa e tranquila de responder, e espero que vocês gostem também! Muuuuito obrigada Liah pela indicação! :DD


1) Domingo - Um livro que você não quer que termine ou não quis que terminasse.


Provavelmente ninguém ouviu falar ainda nesse livro, até porque não foi lançado no Brasil, mas ele é simplesmente perfeito. Sabe aquela história que carrega tanta dor e sofrimento, e os personagens são obrigados a lidar com aquilo encarando os próprios medos? Pois então. Eu li cada página com um aperto no coração de ter que acabar, e o que me consolou é que tem um segundo volume.

2) Segunda – Um livro que você tem preguiça de começar.


Tenho esse livro em casa não sei há quantos milênios, mas não tem nada nele que me atraia a ler, nem mesmo a capa (e olha que é bonita). Acho que a sinopse me da esquifo, e a personagem passa a impressão de ser convencida, o que com certeza ia me dar nos nervos ;s

3) Terça – Um livro que você empurrou com a barriga ou leu por obrigação.
 
Caramba, que difícil escolher um livro! O único que eu ~realmente~ quase taquei longe foi “As Meninas”, que tive que ler pro colégio, mas não queria colocar esse. Também não queria colocar uma obra do Maurício, mas infelizmente foi a verdade. Foi beem difícil terminar a leitura, não conseguiu me agradar ou transmitir o significado da história, mas foi seu primeiro livro, e andei vendo comentários dos novos lançamentos dele onde fica claro o quanto sua escrita evoluiu!

4) Quarta – Um livro que você deixou pela metade ou está lendo no momento.


Nem cheguei na metade ainda! Li as dez primeiras páginas e não suporto mais. Eu desejei TANTO esse livro, muito por adorar a autora, e daí foi uma grande decepção não ter alcançado as expectativas. Ok que primeiro me irritou porque é de vampiro *e não, eu não sabia* e esse assunto já tá farto, e segundo que a personagem me dá nos nervos. O livro tem umas 400 e poucas páginas, me deem algum conselho de como sair da página 10, pelo amoor D: AHUAUH

5) Quinta – O livro de quinta. Um livro que você não recomenda.


“Livro de quinta” parece uma palavra meio forte, mas esse livro dá pra incluir até no tópico de “livro que empurrou com a barriga” também. Esse é outro que eu tava querendo bastante, mas nossa... Que personagem mal desenvolvida, não dá nem pra torcer por ela. Próxima resenha que vou postar é justamente desse livro, então vocês vão poder entender melhor!

6) Sexta – Um livro que você quer que chegue logo (lançamento ou compra)


Ai, eu quero muuuuuuuito esse livro, já desde quando lançou lá fora! A autora é esposa de um dos integrantes do McFly, então né, como eu nem sou fã, nem to pulando de ansiedade UHAUHAUH Além desse, também to louca por “Melodia do Mal”, do John Ajvide Lindqvist, e “Ser feliz é assim”, da Jennifer E. Smith.

7) Sábado – Um livro que você quis começar novamente assim que ele terminou.
 
Ih, tiveram tantos! Mas vou colocar esse, porque acredito que seja o melhor volume da série, e a história me prendeu tanto que quando fui ver já tinha terminado e queria aquela aventura toda de novo. Também logo teremos a resenha por aqui! :p


Boom, agora eu indico pra responder a tag o Tony Lucas , as meninas do Obsession Valley , a Sara do Vício Literal , e mais quem se interessar em responder! Só me mandar o link depois que eu confiro lá :D


Sobre mim: Carolina Rodrigues, 19 anos, mora em Santos e cursa faculdade de Biomedicina. Adora dançar e ir pra praia, mas o que a faz realmente feliz é poder passar um dia inteiro lendo, vendo séries, escrevendo histórias ou ouvindo música.

Nenhum comentário:

Postar um comentário