sexta-feira, 6 de abril de 2012

Irresistivelmente Fatal



Nome: Irresistivelmente Fatal
Autor: Marcio Scheibler
Editora: ZUM
Livro: Skoob
Sinopse:
Uma festa. Uma linda mulher. Sexo. E por fim, sangue. O jovem Leandro Biavatti pertencia a uma família rica e sempre estava acompanhado de belas mulheres. Evitava envolvimento sério com qualquer uma delas, pois sempre achava que estavam com ele apenas por interesse financeiro.
Mas uma noite de êxtase na vida dele torna-se macabra, pois sua vida terminaria ali, em sua própria cama. Um crime misterioso, depravado e assustador. Seu melhor amigo, Rodrigo, aciona seu tio detetive, Otávio Medeiros, para tentar resolver esse caso enigmático. Ao longo da trama, acontecimentos e informações incríveis surgem e uma história fantástica vem à tona. Aliando erotismo e mistério, IRRESISTIVELMENTE FATAL relata sentimentos e atitudes muito presentes em nosso cotidiano, de um ponto de vista trágico e racional.


Depois de muito tempo sem receber nada do Booktour, trago para vocês mais uma resenha de um livro que tive a oportunidade de ler pelo Selo Brasileiro. Toda a espera por um novo livro foi válida, pois esse foi, com certeza, um dos melhores livros que li pelo Booktour!

Quando o livro chegou pelo correio, eu não estava em casa. Meu irmão enviou-me um SMS: “Mari tu recebestes um mini-livro pelo correio” Depois de alguns dias de espera devido a escola estar tomando todo meu tempo livre, eu finalmente pude começar a ler o tal do “mini livro”. Honestamente, não achei que eu fosse gostar tanto dele quanto eu gostei. Geralmente livros pequenos acabam me dando impressão de estarem inacabados, não sei explicar. Entretando, isso com certeza não aconteceu nesta leitura.
Como o livro já começa com um assassinato, o livro te prende desde o princípio. Você quer saber logo o que aconteceu. Apesar do livro ser pequeno, eu me surpreendi com a velocidade com que acabei a leitura. Eu vinha a cerca de 3 meses numa lerdeza para ler um livro, por menor que fosse, e eu simplesmente não consegui parar de ler quando comecei. Posso afirmar com toda certeza que o livro te prende do começo ao fim. Devorei-o em uma sentada.
O livro é um romance policial extremamente bem desenvolvido. Com certeza é um prato cheio aos amantes do gênero. Scheibler criou uma história surpreendente e original, o que é bem raro pois há tantas coisas que já foram exploradas. Apesar de eu ter ficado bem empolgada com a leitura desde o início, confesso que fiquei meio hesitante quando cheguei na, mais ou menos, vigésima página pois eu achei que já sabia de tudo e que já tinha desvendado o caso.
Mal sabia eu que minha teoria estava completamente errada, e o autor deu a história uma reviravolta que eu nunca imaginei, e foi quando a história me convenceu. Quando o livro estava começando a ficar um pouco monótomo, logo um grande acontecimento tomava as páginas e minha empolgação inicial retomava.
Os personagens são um dos pontos positivos do livro, com destaques a Leandro e o Detetive Otávio. Apesar de Leando morrer nas primeiras páginas, ele ainda tem uma presença incrível durante a história, e isso foi algo que me deixou muito impressionada. Infelizmente, ao conhecermos a pesonalidade de “riquinho mulherengo” comecei a achar ele um pouco clichê. Otávio é inteligente e bem humorado; mas o fato de ser devotado a família que me encantou mais, inclusive largou sua profissão por querer passar mais tempo com ela.
O titúlo é marcante, e com certeza ajuda a chamar a atenção do leitor. São palavras fortes, e juntas deram origem a um título quase tão marcante quanto o livro. Para nos instigar mais ainda à leitura, a capa é linda e dá início ao ar de mistério que acompanha toda a obra.



Nota: ★★★★★

Nenhum comentário:

Postar um comentário