domingo, 8 de abril de 2012

[+18] Amante Desperto


Nome: Amante Desperto
Título Original: Lover Awakened
Autora: J. R. Ward
Editora: Universo do Livros
Livro: Skoob
Sinopse:
Nas sombras da noite em Caldwell, Nova York, desenrola-se uma sórdida e cruel guerra entre vampiros e seus carrascos. Há uma irmandade secreta, sem igual, formada por seis vampiros defensores de sua raça. Dentre eles, Zsadist é o membro mais assustador da Irmandade da Adaga Negra.
Tendo sido por muito tempo um escravo de sangue, Zsadist ainda carrega as cicatrizes de um passado repleto de sofrimento e humilhação. Conhecido por uma fúria que não acaba e por atos sinistros, ele é um selvagem, temido igualmente por humanos e vampiros. A raiva é sua única companheira e o terror, sua única paixão... Até que resgata uma bela vampira das garras da maligna Sociedade Redutora. Bella sente-se imediatamente enfeitiçada pela ardente força que emana de Zsadist. Entretanto, mesmo quando o desejo de ambos começa a consumi-los, a sede de vingança de Zsadist contra os torturadores de Bella o leva à beira da loucura. Agora, Bella deve ajudar seu amante a superar as feridas de seu atormentado passado e vislumbrar um futuro ao lado dela...


Por onde começar a falar do Zsadist, vulgo Z? A história de Bella e Z começou no livro Amante Eterno, a J. R Ward tem disso, te 'apresenta' a história do próximo livro dentro da que está contando no momento. Ela começou a fazer isso a partir do segundo livro, e devo confessar que isso me tira do sério! Eu sempre fico me roendo de vontade de ler os outros, mas deixa eu voltar para o meu foco!
Ainda no segundo livro, quando a história de Rhage e Mary estava naquela coisa tensa, Bella foi sequestrada por um lesser.

Me desculpe, Universo dos Livros, mas eu não nunca consiguirei chamar a turma do Omega de... redutores. Será sempre lesser para mim. Enfim, ela foi sequestrada por um lesser, e quando o Z descobre isso, fica numa fúria louca e quer fazer justiça com as próprias mãos de qualquer jeito. Ninguém entende essa necessidade enorme de Z de vingar Bella, porque todos já a davam como morta, porque todos os que foram sequestrados pela Sociedade, nenhum deles retornou.

Bella passa por poucas e boas no cativeiro, até que é resgatada por Z depois de seis semanas presa. Desde que Bella viu aquele guerreiro da raça com a feia cicatriz no rosto, na mansão da Irmandade há meses atrás, não conseguiu tirá-lo mais dos pensamentos, e ela mal pode acreditar que ele fora resgatá-la. Parecia muito bom para ser verdade.

Eu poderia continuar falando e falando aqui sobre esse livro, porque ele é um dos meus preferidos. Mas eu prefiro parar por aqui, porque senão vou começar a soltar spoilers loucamente.
O Z é o meu guerreiro preferido, talvez seja o que mais sofreu na vida. E saber o que a Mistress fez com ele durante cem anos, nossa, é de partir o coração e dá vontade de você entrar no livro, pegar o Z e abraça-lo até os fins dos tempos. Até que todo as lembranças sejam esquecida e por fim apagadas de vez da memória dele.

Esse livro mostra o amor incondicional que o Phury sente por seu gêmeo, Z. Mostra o quão intenso essa personagem é, confesso que o livro dele não me animou muito, mas isso é assunto para outra resenha. Mostra também uma relação de amor e carinho que Wellsie e Tohr (Tohrment) para com John. Confesso que chorei como um bebê nesse livro, porque acontece uma coisa que eu achei muito nada a ver. Entendo que era 'para o bem' da série, mas fiquei com muito ódio!

Nesse livro, também, temos uma ideia do próximo que é do Butch com a Marissa. Não vou comentar o que eu achei desse livro agora, deixarei para a próxima resenha!

As cenas de sexo desse livro demoram a acontecer, elas não têm a mesma magia que a dos outros livros, são cenas diferentes. O que você sente quando lê aquelas palavras é inexplicável. Eu sou suspeita para falar, porque morro de amores por esse casal, eu adorei esse livro, mas amei mais ainda a história que tem no Compêndio da série. Lá explica a lacuna de tempo de alguns meses, e dá mais detalhes sobre a vida e os medos de Z. Todo mundo pensava que ele era um selvagem, mas era apenas um homem torturado que se retrai em si para não ser mais machucado pelos outros.

Z estava tão acostumado a dor, raiva, ira, que não sabia distinguir das outras emoções e dos outros sentimentos. Com a ajuda de Bella, ele aprende a saber o que é o amor, a alegria, a excitação, o tesão. Enfim, tudo. Ele aprende a viver, ele... Desperta.



Nota: ★★★★★

Nenhum comentário:

Postar um comentário