sexta-feira, 24 de fevereiro de 2012

Os Olhos de Thera


Nome: Os Olhos de Thera - Revelações
Série: Os Olhos de Thera
Autora: Leia Kiuski
Editora: *Independente*
Livro: Skoob
Sinopse:
Elizabeth Monterey é uma garota de 17 anos, e sempre teve de tudo: muito dinheiro, amigos perfeitos e um namorado ideal. Mas um acidente mudará sua vida para sempre. Elizabeth terá que enfrentar a dura realidade da morte de seus pais, um irmão em coma e a perda de sua fortuna. Como se isso não fosse o suficiente, criaturas de aparência demoníaca querem ter a liberdade de ir e vir ao mundo humano. Elizabeth é a escolhida para impedir que isso aconteça, mas não pode fazer isso sozinha. Deverá descobrir quem são seus aliados e inimigos. Acompanhe uma incrível história de aventura, muita magia e romance, um livro que segue as tendências atuais e ainda consegue ser diferente de qualquer coisa que você tenha lido.



Elizabeth Monterey, como diz a sinopse, é uma adolescente, de família relativamente rica, que sempre teve tudo. Mas tudo muda quando seus pais morrem em um acidente com um jatinho particular e seu irmão entra em coma. O que piora sua situação, é que o acidente acontece nas férias, o que a deixa sem seus amigos por perto para ajudar a superar, além, é claro, de ter seu tão amado irmão gêmeo em um coma que nenhum médico sabe explicar ao certo.
Com toda a situação e mais uma pressão por parte do advogado a família, que diz que seus pais estavam devendo muito dinheiro, Beth começa a acumular uma raiva anormal dentro de si, incrontrolável. Ao mesmo tempo, ela conhece Lion, um garoto lindo, mas extremamente convencido e irritante, que só faz com que a raiva de Beth piore.
Contudo, é Lion que a ajuda a derrotar quem vem lhe causando tanta raiva incontrolável: um demônio horrível que, além de se alimentar de suas energias, mantinha seu irmão aprisionado fora do corpo, por isso, em coma.
Então, Beth passa a ver as coisas de maneira totalmente diferente: não foi a toa que o destino a juntou com seus melhores amigos; não foi a toa que seus pais morreram; e, pra piorar, ainda tem os demônios que querem matá-los e distruir a Terra. Além disso, ela encontra uma estranha tatuagem em seu pulso, e descobre ser parte de uma "liga" de escolhidos para salvar a Terra e derrotar os demônios.
A partir de então, somos levados ao mundo visto pelos olhos de Thera: com terríveis demônios e muita luta e ação.

Bom, isso pode ter ficado meio confuso, mas eu tô tentando fazer uma resenha totalmente livre de spoilers, ok. O livro chegou pra mim de booktour há umas duas semanas, mais ou menos, e eu até que gostei da capa. Mas o que me deixou mais intrigada, é que ele não tem uma sinopse atrás. Ou seja, ele não tem essa sinopse que eu apresentei à vocês no começo da postagem. Ele tem um símbolo, que é o estranho símbolo que aparece no pulso de Beth (e graças a Deus tem, porque eu nunca conseguiria imaginar aquilo). E quando eu comecei a ler, pra ver um prólogo ou algo, tinha só uma breve nota da autora que não me revelava nada sobre o livro. E por um lado isso foi muuuito bom, porque eu não criei esperanças, então me surpreendi bastante com a história.
Leia (que eu sempre li leia, não léia) Kiuski nos leva a um mundo fantasioso um tanto diferente do que temos visto por aí. E, ainda por cima, os 'demônios' são seres completamente diferentes de qualquer coisa que eu já tenha visto. Ou lido. Ou imaginado, err. E olha, as descrições até que ajudam, mas eu não sei se é porque sou ruim de imaginar o ser se o autor descreve demais, e provavelmente o problema sou eu, mas os monstros são um tanto quanto feiosos pra caramba e eu tive certa dificuldade em imaginar alguns.
Quanto aos personagens, eu achei que alguns foram mais trabalhados que outros, então às vezes eu ficava em dúvida quanto a, por exemplo, os amgios dela. E eu também tive vontade de bater na Beth no começo, porque ela era muito amargurada e fechada. Mas, de longe, o Lion é meu preferido. E provavelmente o de todas as meninas que lerem o livro, porque ele é tipo badboy, sabe? Ele conquista, não tem como. Sabe ser arrogante e sabe ser carinhoso. Ai, ai... HUAHUAH
A história é super bem montada, mas eu achei que algumas cenas ficaram meio pesadas porque tinham muita descrição de uma vez só, e eu, pelo menos, me perco com isso. Seria melhor se fosse liberando a descrição do local aos poucos, sabe? E outra coisa que me deixou meio com o pé atrás, foi tipo, a Beth, aquela menina raivosa e irritada ter aceitado tão rapidamente os demônios e seu destino. Acho que se fosse eu, eu ficaria um tempo digerindo e me daria uns tapas pra ver se não tava sonhando - até porque tem de tudo nos meus sonhos.
Mas, parando de ser chata, a autora soube encaminhar a história e teve um desfecho bem legal. Surtei muito numa parte do final, e minha mãe ficou me olhando com medo kkk. Só que, pra minha decepção, é uma série... E eu não sabia disso :( Digo decepção porque não aguento mais séries! Não teeeenho $dinheiro$, gente. Mas isso não é um ponto negativo, porque tem muita coisa que ficou em aberto e eu preciso saber o que acontece!
Então, vamos ajudar a literatura brasileira, ok, porque esse eu indico. :)




Nota: ★★★★☆

Photobucket

Nenhum comentário:

Postar um comentário