quinta-feira, 10 de novembro de 2011

Encruzilhada


Nome: Encruzilhada
Autor: Ademir Pascale
Editora: Literata
Livro: Skoob
Sinopse:
Um padre ganancioso, frio e calculista, através de um ritual macabro, liberta um dos cinco príncipes do inferno. Um jovem de dezenove anos passa por problemas amorosos, financeiros e familiares. Um pugilista, cansado de ser humilhado desde a infância, tenta alcançar a fama a qualquer preço. Três pessoas distintas, mas que possuem uma forte ligação. Conheça o livro Encruzilhada, e esteja preparado para adentrar no mais íntimo do Sobrenatural.



Allan, um garoto adolescente abandonado pelos pais há alguns anos e que trabalha ganhando muito mal, tendo que aguentar seu chefe reclamar o dia inteiro e ver sua amada sempre nos braços de outros, começa a querer por um fim nisso.
Ao mesmo tempo, temos Anderson, um garoto que no começo tinha uma vida como a de Allan - se não muito pior, graças ao constante bullying que sofria por sua forma física quase raquítica; mas que resolve arriscar tudo para uma vida melhor, uma vida de pugilista, para mostrar a todos que sempre o humilharam que ele pode ser melhor.
Para finalizar, temos Bezequiel, um padre que, apesar de Católico, sempre teve curiosidade com outras religiões e sempre foi atrás para descobrir coisas novas e provas sobre alguns dogmas da Igreja.
As histórias começam a se ligar após Bezequiel encontrar, no interior do Pará, um lugar que ficou conhecido como sendo o portão para o Inferno. E como um estudante de Teologia curioso, se existisse um Diabo, com certeza existira um Deus e, assim, ele se tornaria famoso e rico por sua tão grande descoberta! Contudo, pensando apenas em sua ganância, o padre acaba libertando um dos cinco príncipes do inferno: Asmodeus.
A partir de então, tudo começa a se encaixar e a vida dos três se encontram, e tudo faz sentido. Será que eles conseguirão sobreviver a esse demônio horrível de três cabeças?

Tentei não falar muito, porque o livro é bem pequeno e qualquer detalhe pode ser um spoiler terrível. Mas de qualquer maneira, vamos lá. O livro é narrado em terceira pessoa do presente - não sou muito fã do presente, mas não foi tão ruim ler assim, apesar de eu achar que ficaria melhor no passado.
Dos três ou quatro personagens, como preferirem, eu gostei mais do Allan. Não sei se é porque de alguma maneira ele aperece mais, mas também acho que é porque ele foi o personagem mais desenvolvido durante a história.
Vou começar a explicar minha nota desde já, ok. Eu achei que a história foi muito rápida, o livro é muito pequeno para uma idéia tão grande. Eu esperava encontrar um pouco mais das partes da Encruzilhada (mas isso é culpa de Supernatural) e isso me deixou um pouco decepcionada, mas mesmo assim ainda tem e dá pra entender o título do livro.
Achei que o Ademir poderia ter desenvolvido um pouco mais a história, trabalhado um pouco mais principalmente com o Asmodeus, já que ele é um ser tão poderoso e poderia ter feito tantas coisas a mais. E o livro que aparece no livro (faz sentido?) poderia ter aparecido um pouco mais, com alguns toques de mistério diferenciados.
Mas bom, isso não muda que eu adorei o Allan e o Asmodeus (adoro personagens dumal e sarcásticos). Apesar de ele não ter feito como eu imaginei que seria, o livro ficou muito bom, a revisão está ótima e eu adorei a capa. Só com o detalhe que eu não entendi porque a garota loira na capa. Digo, até sei quem é ela, mas seria mais legal se fosse o Bezequiel.
Pra quem quer um livro com um suspense leve e um toque de terror, com uma leitura leve e rápida, eu realmente recomendo! :)

Nota: ★★★☆☆


Nenhum comentário:

Postar um comentário