segunda-feira, 3 de outubro de 2011

Desafio de Equipe #19

Lançado por: Juh

Título Original: Source Code
Título traduzido: Contra o Tempo
Ano: 2011
Gênero: Ação
Classificação: 12 anos.
Elenco: Jake Gyllenhaal, Michelle Monaghan, Jeffrey Wright, Vera Farmiga.
Sinopse:
O capitão Colter Stevens (Jake Gyllenhaal) faz parte de um projeto ultrasecreto denominado Source Code capaz de transportar um homem para o corpo de outro, assumindo a sua identidade nos oito minutos de vida restantes de cada alvo escolhido para a "ocupação". Um atentado terrorista explodiu um trem nos arredores de Chicago, matando todos os passageiros e agora a sua missão é voltar no tempo, no corpo de uma das vítimas e tentar descobrir o autor do crime porque um novo ataque será realizado dentro de seis horas. Agora, ele precisa identificar o criminoso para evitar novas mortes, mas acaba se apaixonando por Christina (Michelle Monaghan), uma das vítimas do trem, e pretende mudar a história, alterando as regras do jogo e colocando o futuro em risco.



Quando escolhi esse filme para o desafio, não tinha a mínima ideia sobre o que o filme falava, nem sequer tinha visto o filme. Escolhi porque achei que realmente seria um desafio, visto que os filmes anteriores que eu passei, pelo jeito não tinham sido desafio algum. Ah, engano meu. Assisti o filme, e fiquei maravilhada. Não apresenta nenhum desafio real, porém é um filme no maior estilo "a origem"(inception), na minha opinião. Se você tivesse menos de um minuto para viver, o que você faria? O filme nos traz a vida, repetida, em 8 minutos de alguém que tinha morrido em um trem, causado por uma bomba. Falando, não parece nem um pouco interessante, coisa que já vimos em muitos e muitos filmes. Porém quem controla o corpo deste homem que morreu no trem, foi um homem que havia morrido dois meses antes. As atuações foram espetaculares, eu gostei do jeito que mostrou o drama do capitão, e o final foi completamente inesperado, bem inception mesmo.
Um comentário extra: Jake Gyllenhaal fica gato até sem a parte de baixo do corpo.


Carol:
Como explicar esse filme? Foi simplesmente incrível, o tempo passou voando e eu nem percebi! O filme já começa cheio de confusão. Um soldado acorda num trem, sem ter a mínima idéia do que fazia ali. Ele lembra de toda sua vida, mas não como foi parar ali, sendo que o último local que esteve, era num avião. Atordoado, ele vai até o banheiro para tentar se acalmar, e a situação só piora ao se olhar no espelho, e ver que não era ele, e sim outra pessoa. Como isso era possível? E ainda mais, a cada explosão que ocorria, ele tinha a oportunidade de voltar e desvendar o mistério de quem estava por trás disso, e ainda descobrir o trágico destino de sua vida. É muito diferente de todos os filmes que estou acostumada a ver, achei a idéia MUITO criativa, sendo exposta somente nesse filme e em nenhum outro, e com certeza, isso e outros detalhes tornam a história mais perfeita ainda! Eu REALMENTE recomendo, e por mim, veria até mais vezes, haha


Caue:
Source Code foi algo totalmente... Inacreditável. Eu admito que não tava muito animado pra ver o filme (rock in rio rolando, sabe como é...) mas acabou me prendendo totalmente em 11 minutos!
Esse foi o primeiro filme que eu procurei qualquer informação antes de ver, mas a unica coisa que procurei e assisti foi o trailer e olha, ele não te prepara pra nada do que realmente é o filme! Achei tudo completamente bem bolado e distribuido durante as 1 hora e meia de duração, sendo que a unica coisa que acho que pecaram um pouco foi na trilha sonora que parece meio filme de sessão da tarde...
Não posso falar muita coisa, estou escrevendo essa opnião logo depois de ter assistido, então ainda to meio agitado, mas tudo o que eu posso dizer é assistam, assistam e assistam! Vale muito a pena! *-* Superecomendo! *-*


Leeh:
Se eu escrevesse que minha opinião é "não tenho palavras, assistam e vejam" eu apanharia, né? É, ok :(
Pra variar um pouco, eu nem li a sinopse do filme HEHE e eu nem tava afim de ver, sinceramente. Mas olha, assim que eu vi quem era o ator (oi Jake *heart*) eu já me animei.
O começo do filme me deixou tão confusa quanto o protagonista, e me prendeu nos primeiros minutos. Não vou falar muito da história, porque além do pessoal ter falado, qualquer coisa a mais que você dá de dica pode acabar estragando toda a surpresa.
Mas vou te dizer, eu senti nervoso pelo nosso Capitão-Protagonista... Tudo o que diziam era o que ele tinha que fazer, mas não onde ele estava, que merda estava acontecendo ali e como diabos ele havia ido parar naquela capsula. Fora aquele comandante(?) que usa muleta que me deu nos nervos.
Eu achei que todo mundo atuou muito bem, e adorei a Goodwill. Mas sem comparações ao Jake, que além de lindo consegue fazer bem qualquer papel, né :(
É um filme totalmente diferente, algo que te deixa bem 'wow', como Inception, realmente. Não é tão louco como inception, que mata todos os seus neurônios, relaxem. Mas pode-se dizer que é tão criativo e original quanto.


Mari:
Eu admito que se eu tivesse tirado tempo para ler a sinopse antes, eu provavelmente teria visto o filme muito antes do que eu de fato vi. Simplesmente porque eu ADORO filmes sobre viagens no tempo e coisas desse tipo *o*
A sinopse e o trailer já eram ótimos, mas o filme me surpreendeu totalmente - talvez justamente por não esperar nada, mas mesmo assim foi incrível olhar o filme.
O filme conta a história do Capitão Colter Stevens (Que é interpretado pelo Jake Gyllenhaal, que honestamente subiu no meu conceito depois desse filme), que acorda no corpo de um homem desconhecido a bordo de um trem. Aos poucos ele descobre que é parte de um missão para descobrir quem é o homem-bomba responsável por um ataque terrorista e evitar um próximo atentado, que será muito maior. Através de um experimento do governo que permite Colter roubar a identidade de outro homem nos últimos 8 minutos da vida deles, ele revive o acidente várias vezes, reunindo pistas até que ele possa resolver o mistério de quem está por trás das bombas e evitar o próximo ataque.
O roteiro e o elenco, ao meu ver, merecem atenção especiais por serem realmente bons. Jake, Vera e Michelle são extremamente convincentes em seus papéis. O único problema que eu achei foi a falta de efeitos especiais melhores. Convenhamos que ninguém merece um filme com efeitos especiais ruins, ainda mais quando ele tem TUDO para ser perfeito '-'

Nenhum comentário:

Postar um comentário