quarta-feira, 19 de outubro de 2011

City Of Fallen Angels


Nome: City of Fallen Angels (Cidade dos Anjos Caídos)
Autora: Cassandra Clare
Série: Os Instrumentos Mortais
Editora: Galera Records (da série, só foi publicado Cidade dos Ossos, Cidade das Cinzas e Cidade de Vidro ainda)
Livro: Skoob
Sinopse:
Amor, sangue, traição e vingança - os riscos são maiores do que nunca em Cidade Dos Anjos Caídos. Simon Lewis está tendo alguns problemas adaptando-se à sua nova vida como um vampiro, especialmente agora que ele raramente vê sua melhor amiga Clary, ocupada com seu treinamento para ser uma Caçadora de Sombras - e passando tempo com seu novo namorado Jace. Sem mencionar que Simon não sabe muito bem como lidar com a pressão de não-muito-bem-namorar duas garotas ao mesmo tempo. O que um vampiro amante da claridade faz? Simon decide que necessita de um descanso e sai da cidade - apenas para descobrir que eventos sinistros o perseguem. Enquanto percebe que a guerra que eles pensavam que haviam ganho pode não haver ainda chegado a seu fim, Simon deve chamar seus amigos Caçadores de Sombras para salvar o dia - se eles podem deixar suas relações em perigo de lado por tempo o suficiente como para se lançar ao desafio.



ATENÇÃO: Pode conter spoilers para quem não leu os três livros anteriores

Será difícil fazer uma resenha para esse livro, por vários motivos.
Primeiro, eu sou... Simplesmente, completamente, TOTALMENTE viciada na série de Os Instrumentos Mortais. É a minha preferida, sem sombra de dúvidas. Então, acho que vocês, principalmente os blogueiros, me entendem como é difícil fazer uma resenha pra um livro que amamos tanto.
Segundo, e talvez maior motivo. Eu não fazia a maior idéia da existência desse livro. Really.
Eu li os três primeiros livros em torno de uma semana ou um pouco mais. Deve ter sido uma semana mesmo, pois nunca esqueço do pessoal do blog se irritando e falando que eu realmente fui pra Cidade dos Ossos e não queria mais sair de lá. Eu esqueci do mundo e passei o dia inteiro lendo, isso tudo pelos livros serem maravilhosos e te prenderem do princípio ao fim!
Para quem leu Cidade de Vidro, sabe que não tinha fim melhor do que aquele. Ficou tudo tão perfeito, bem feito. E quando eu soube que havia continuação, eu fiquei bem: Porque diabos???
Eu não consegui me manter quieta e decidi descobrir o que a Cassandra tinha inventado mais. Ou, na realidade, O QUE ela poderia ter enfiado mais na história. Porque pra mim não tinha mais o que incluir! E eu tinha o sentimento de que ela tinha estragado a história completamente.
Engano meu.
Em nenhuma hipótese, ela poderia ter acabado com essa história maravilhosa. E, olha, eu confio pra caramba no talento dela, obviamente deveria ter imaginado que ela só iria melhorar.

“Você”, ele disse para Jace. “Bem, acho que vejo você por aí. Você é o primeiro Caçador de Sombras que já conheci.”
“Isso é mau”, disse Jace, “já que todos os que você conhecer de hoje em diante serão uma terrível decepção.”


O começo de Cidade dos Anjos Caídos é meio chatinho, pois você se pergunta o tempo todo o que de tão expetacular ela vai colocar para ter uma continuação boa o suficiente para não acabar com a magia das anteriores. E algo que irrita um pouquinho também, pelo menos no meu ponto de vista, é que aparece mais a vida de Simon, o que ele passa, a opnião dele, do que de Clary, que costuma ser a personagem principal. Mas depois nós percebemos que é necessário.
Simon Lewis está tendo sérios problemas, e ninguém pode ajudá-lo, além dele mesmo: Ter um caso com duas garotas, que seriam Maia e Isabelle, com certeza é mais que um problema pra ele. E a falta de coragem para decidir entre ambas, é pedir demais dele. Porém, Simon precisa se decidir logo, já que o casamento de Jocelyn e Luke está se aproximando, e ele não pode levar as duas com ele, além de nenhuma das duas saber do que acontece com a outra envolvendo Simon.
Se Simon acha que esse é um motivo de grande confusão, ele se vê aflito quando vários acontecimentos levam ele a ter certeza de que estão o perseguindo, por causa de sua Marca de Caim, além de descobrir poderes que ele nem imaginava ter. Porém, ele não está sozinho nessa. Duas pessoas que nem de longe ele pensaria que iriam o ajudar, estão lá por ele o tempo inteiro: Kyle, o novo integrante de sua banda, que mais tarde Simon descobre que ele não é exatamente um humano, como outro qualquer. Pelo contrário, tem bastante envolvimento até com pessoas super próximas a ele, como por exemplo... Maia. E a outra pessoa, é ninguém mais nem menos, que Jace Wayland. Ele têm se mantido distante de Clary, disposto a ajudar Simon, e o pensamento afastado do amor de sua vida. Clary, no entanto, não compreende o motivo de Jace ter feito isso. Aparentemente, ele não tem razão para tal ato, já que eles estavam completamente bem, e ela finalmente havia pensado que eles seriam felizes sem se preocupar com pessoas tentando os separar, ou trazendo mais problemas a eles.
Mas a vida não é simples assim, ainda mais para Caçadores de Sombras. Alguém está invadindo os sonhos de Jace, resgatando informações dele, para depois usar contra o mesmo. Ele tem passado dias sem dormir, somente para tentar ver se adiantaria algo... Mas seu amor com Clary está correndo um grande risco. A pessoa que ele mais ama, e juraria por tudo nunca machucar... Pode acabar sofrendo mais que ele cogita, por ele mesmo.

“Sobre o que você estava sonhando?”
“Você.” Ele torceu um cacho de seus cabelos ao redor de seu dedo. “Eu sempre sonho com você.”
Ainda em seu colo, suas pernas apoiando nas dele. Clary disse “Ah, é? Por que eu achei que você estava tendo um pesadelo.“
Ele inclinou sua cabeça para trás para olhar para ela. “Às vezes eu sonho que você se foi”, ele disse.


Vou parar por aqui para não contar mais spoilers. Contando assim, parece simples, e que realmente Cassandra estragou. Mas realmente, não! Eu só não posso contar o grande motivo pela continuação, para não perder totalmente a graça e o gostinho de curiosidade.
Se serve de algo, eu chorei HORRORES com o final, e fiquei mais do que surtada. Como ela pode fazer um final desses, e nos deixar mortos de vontade de ler a continuação? Isso é muito injusto!
Vi que muitas pessoas não gostaram da proposta dela, mas eu realmente amei. Ela não pecou em nenhum momento, tudo foi necessário, além de comentado. Ela não deixou absolutamente ninguém de fora, sendo cada personagem, muito importante para o desenvolvimento da história.
Tem algo nessa série que me faz amar cada vez mais. Acho que pelo menos uma vez, em cada livro, eu chorei, haha. Talvez pela escrita da Cassandra, descrevendo cada detalhe de uma forma que nos fazer se emocionar demais. Uma coisa que talvez deixe a desejar, é que o Jace não está um ignorante sexy como sempre. Entretanto, ele continua com seu jeito que nos faz sempre rir com seus comentários, e mesmo porque, ele tem motivos para estar mal e agindo de tal maneira. O Jace é o Jace, não tem como ficar com raiva ou qualquer coisa parecida. Sempre nos encanta!
Pode falar mal o quanto quiser, mas pra mim, não há erros em City of Fallen Angels.

Jace ponderou por um momento. “Sopa de Tomate”, ele disse finalmente. “Sopa de tomate? Você quer sopa de tomate e manga para o jantar?”
A garota pressionou algo na sua mão, e depois correu de volta para a amiga. Elas saíram da loja, rindo juntas. Simon deixou a sopa no carrinho.“Então, o que foi tudo isso?”
“Eu acho”, Jace disse, “que ela perguntou se ela podia tocar minha manga.”


Nota: ★★★★★


Nenhum comentário:

Postar um comentário