sábado, 20 de agosto de 2011

Séries #005

E mais uma vez eu não sei como começar esse post...
Bom, para a felicidade de vocês, eu só apareço apresentando esse post, pois cada série foi resenhada por uma pessoa diferente. Espero que vocês gostem.


Gossip Girl - Resenhado por Mariana Weiand (@mariweiand)
Ano: 2007 - Presente
Personagens marcantes: Serena van der Woodsen (Blake Lively), Blair Waldorf (Leighton Meester), Nate Archibald (Chace Crawford), Chuck Bass (Ed Westwick), Daniel Humphrey (Penn Badgley) e Jenny Humphrey (Taylor Momsen).
Episódios: 87, 4 temporadas.
Resenha:
Gossip Girl é uma série baseada na coleção de livros homônima. Ela conta a história de jovens que levam uma vida extremamente privilegiada - do tipo que pode gastar uns $10.000.000 para não deixar uma informação privada vazar - no Upper East Side de Manhattan, em New York. A história tem inicio quando Serena Van Der Woodsen (Blake Lively) retorna à cidade depois de sumir de repente e, a partir daí, diversos dramas se desenvolvem. Se não fosse o fato de que é que os episódios são narrados por uma blogueira anônima, a "Gossip Girl", a série seria um apenas mais um drama - bem luxuoso, mas ainda assim um drama. A Gossip Girl também posta as últimas fofocas sobre a querida Elite de Manhattan através de um blog, causando a maioria dos escândalos.
O que eu mais acho legal é que a série trata da vida de todos os personagens lidando com seus dramas individualmente e também, apesar de sempre estarem numa relação de "eu-te-amo-eu-te-odeio", ajudando uns aos outros. Também acho interessante que quando a série está prestes a ficar monótona, um novo drama, que, de uma maneira bem planejada, aparece e os problemas nunca parecem ter fim.
Recomendo a quem gosta de THE O.C., Pretty Little Liars e Parenthood.
Ps.: Os livros são completamente diferentes da série da TV, apesar da raiz da história ser a mesma.
Por isso, mesmo que você tenha lido algum dos livros e não tenha gostado, acho que você deve não deve desistir de olhar a série norte-americana.



Supernatural - Resenhado por Leonardo Becker (@leobecker_)
Ano: 2005 - Presente
Personagens marcantes: Sam Winchester(Jared Padalecki), Dean Winchester(Jensen Ackles), Castiel(Misha Collins), Bobby Singer(Jim Beaver).
Quantidade de episódios: 126 episódios, 6 temporadas.
Resenha:
Supernatural é uma série que, dando um detalhe ou outro, já gera uma imensa vontade de assistir. Afinal, quem nunca ouviu falar sobre esta grandiosa série de TV?
Supernatural, ou Sobrenatural, conta a história de dois irmãos: Dean Winchester e Sam Winchester. E claro, um Impala 67, vagando pelos mais diversos cantos dos Estados Unidos. Tudo começou com a morte da mãe dos personagens principais, Mary Winchester, após um incêndio no quarto de Sam. Logo, seu pai, John Winchester, descobre que, o quê, ou quem matou sua mãe, foi Azazel, um demônio. A partir desse fato, uma longa e árdua caçada começa.
O legal de Supernatural é que envolve muito a questão da morte, a questão da família e principalmente a questão do Céu e Inferno.
Vale lembrar que toda trilha sonora de Supernatural é composta por um ótimo e clássico rock n’ roll, incluindo diversas bandas como Kansas, AC/DC, Bob Seger, Def Leppard e outros.
Espíritos malignos, demônios, anjos, arcanjos e até deuses das mais diversas culturas existentes no mundo tornam essa história extremamente viciante.
Como diria no início da maioria dos episódios: “saving people, hunting things, the family business.”


The Nine Lives Of Chloe King - Resenhado por Leeh Proença (@leehrp)
Ano: 2011 - Cancelada
Personagens marcantes: Chloe King (Skyler Samuels), Alek Petrov (Benjamin Stone), Meredith King (Amy Pietz), Amy (Grace Phipps), Jasmine (Alyssa Diaz), Brian Rezza (Grey Damon).
Episódios: 10, 1 temporada.
Resenha:
O primeiro episódio do seriado já começa com muita ação, ponto em que devo dizer que o seriado não peca. The Nine Lives Of Chloe King conta a história de Chloe, uma garota adotada que, ao fazer 16 anos, ganha poderes sobre-humanos. Após fugir de um assassino, morrer e reviver, ela descobre que faz parte de uma raça antiga que sempre foi caçada por assassinos humanos, e que, pra melhorar, ela é a Unificadora deles. Ou seja, ela tem 9 vidas e é alguém que os Mai esperaram por muito tempo.
Mas, como um seriado adolescente, Chloe tem seus amigos humanos ao seu lado, que sabem do seu segredo, seus dois amigos e protetores Mai e sua mãe, que não sabe da existência dos Mai. Além deles, há também Brian, um cara que nossa principal se apaixona. Mas há um detalhe muito importante que atrapalha completamente o seu relacionamento com o humano Brian: os Mai não podem beijar humanos, pois quando isso acontece, os humanos morrem.
A primeira temporada tem uma Season Finale maravilhosa, e não é exatamente um seriado previsível. Os atores são muito bons e o triângulo amoroso formado deixa todos nós dividos.
Agora, só nos resta saber como Chloe e seus amigos irão se livrar dos assasinos da Ordem que a querem morta e como nossa protagonista conseguirá esconder isso de sua mãe e tentar manter uma vida normal.

Nenhum comentário:

Postar um comentário