sábado, 14 de maio de 2011

Séries #003

Olá, terráqueos!
Meus planos era de fazer um post com as séries que terminaram as temporadas nesta ultima semana, maas o tempo aqui está corrido e eu ainda não consegui ver os últimos episódios que saíram(e acredito que não seria bom um post com surtos sobre the vampire diaries, certo?), então hoje eu vou fazer sobre séries mais antigas.
(Este post foi escrito num momento onde eu estava chorando baldes com Bones 6x22, então relevem se tiver algum erro de gramática.)

10 things i hate about you
Ano: 2009-2010.
Personagens marcantes: Kat(Lindsey Shaw), Bianca(Meaghan Martin), Cameron James(Nicholas Braun).
Quantidade de episódios: 20, uma temporada.
Resenha: Todo mundo já deve ter assistido, ou pelo menos ouvido falar, do filme chamado 10 things i hate about you, com a grandiosa Julia Stiles, com o mais do que famoso Heath Ledger e com o Joseph Gordon-Levitt novinho. Em 2009, uma série, com o mesmo nome, foi inventada. Contou a história mais lentamente, com atores novos, e com uma história mais moderna. Pessoalmente, eu já conhecia alguns personagens desta série, como a Lindsey Shaw(que agora está em pretty little liars, já resenhado aqui[http://hangoverat16.blogspot.com/2011/01/series-001.html]), Meaghan Martin e outros. Conta a história de duas garotas, completamente opostas, que são irmãs, e mudam de cidade. No colégio novo, uma faz de tudo para se tornar altamente popular, enquanto a outra arruma um namorado bad boy. A história é interessante, altamente clichê, mas a atuação, em boa parte, é agradável. E o sotaque do Patrick vence qualquer argumento.


Bones
Ano: 2005 - presente
Personagens marcantes: Temperance Brennan(Emily Deschanel), Seeley Booth(David Boreanaz), Angela Montenegro(Michaela Conlin), Zach Addy(Eric Millegan).
Quantidade de episódios: 128 episódios, seis temporadas.
Resenha: Vou confessar uma coisa aqui: escolhi Bones para este post porque a Leeh, uma das donas aqui do blog, começou a ver Bones, mas nunca terminou. Então, aqui vamos nós.
Bones é uma série sobre uma perita forense, coisa que já vimos de montes em séries. O diferencial da série, é o jeito que os personagens cativam. O relacionamento entre Brennan e Booth, cada dia com um novo corpo para autópsia o meio, o jeito como ela tenta desligar as emoções, e mais. Um show de comédia à parte é que, nas primeiras temporadas, temos Zack Addy e Jack Hodgins, dois cientistas, que em todos os casos fazem uma competição, para determinar quem é o Rei do laboratório. Sim, a série tem momentos nojentos, admito, principalmente nas primeiras temporadas. Ou seja, quem tem estômago fraco talvez não possa assistir. Mas é interessante como os casos são ligados, e o fato de toda temporada ter um assassino geral, que faz o arco.
Em um adicional, porque já estou falando demais, na sexta temporada(atual), existe um episódio, 6x19, no qual eles introduzem a mais nova série da FOX, The Finder, a qual seria um spin-off de Bones, e que eu achei bem interessante. Mais uma série que, com toda certeza, irei acompanhar.


Two and a Half Men
Ano: 2003 - presente.
Personagens marcantes: Alan Harper(Jon Cryer), Jake Harper(Angus T. Jones), Charlie Harper(Charlie Sheen), Rose(Melanie Lynskey).
Quantidade de episódios: 181(de acordo com o orangotag, porque eu já perdi a conta), oito temporadas, e uma nona sendo programada.
Resenha: Antes que eu faça a resenha, já digo. Sim, eu estou fazendo o post por influência do completo choque de imaginar o Ashton Kutcher como um dos atores principais da série(não, ele não vai fazer o Charlie, felizmente).
Nas primeiras temporadas, vemos Alan Harper, recém-divorciado e com um filho pequeno, que vai morar com o seu irmão, famoso e bêbado, até conseguir arrumar uma casa nova. O que poderia ser um típico clichê, se torna em uma comédia.
Vamos aos fatos: A série é basicamente um diário da vida do ator Charlie Sheen, mas com um photoshop. Vemos semelhanças de montes, e ao longo das temporadas, começamos a ver mais ainda.
Quem faz tudo ser engraçado é Jake, o salvador da pátria. Quando era pequeno, as suas dúvidas eram engraçadas, os momentos e tudo mais. Mas, tanto o ator, quanto o personagem cresceram, e mesmo assim, continuou a ter seu charme. Aquelas dúvidas se tornaram em momentos engraçados com meninas, ou seus vídeos idiotas com os amigos.
Agora fica a questão: Quem vai ser o novo personagem introduzido na história, que será interpretado por Ashton Kutcher? Porque, sinceramente, não imagino este com qualquer papel que não seja de romântico.



Ps: Posso fazer um pedido para vocês? Vocês podem escrever, nos comentários, que eu mereço ganhar "Querido e devotado Dexter"? Não, não é pra uma promoção. É coisa de família mesmo, que ninguém quer comprar o livro pra mim. Então agradeço o apoio, desde já. Ah, se eu ganhar, eu faço resenha dos livros de Dexter(a série também já foi resenhada aqui) para o Hangover.
E quem aí apoia que eu arrume uma vida, para parar de assistir todas essas séries? Haha.
Meu orangotag: http://orangotag.com/user/juhannye

Nenhum comentário:

Postar um comentário