terça-feira, 26 de abril de 2011

Slash



Sinopse:
A aguardada biografia do lendário guitarrista do Guns N' Roses. Do início da carreira à turnê da atual banda Velvet Revolver, conheça o homem e o mito: todas as lendas sobre sexo, drogas e rock and roll são reveladas ao longo de sua incrível viagem desde a infância até o fim de uma das maiores bandas de rock de todos os tempos. Slash é tudo o que inspira o mito, o homem, a lenda: ele é engraçado, honesto, de "cair o queixo" - resumindo em uma palavra: exagerado.




Embora na página do “Sobre Nós” aqui do Hangover, na minha parte de bandas preferidas o Guns N’ Roses não estar presente, eu sou muito fã e até uma biografia ambulante da banda, modéstia parte, então logo que lançou o livro do Slash, o cara que me inspirou ir aprender tocar guitarra, eu corri para comprar.^^
O livro é narrado em primeira pessoa pelo próprio Slash que com a ajuda do autor e jornalista Anthony Bozza conta a sua história desde criança, passando pela sua primeira banda, a época do Guns, até quase os dias atuais quando o vocalista Scott Weiland (atual Stone Temple Pilots) ser demitido do Velvet Revolver (banda montada por Slash e alguns integrantes do Guns).
O que eu mais gostei do livro com certeza foi o modo como foi escrito, é como se o Slash estivesse ali, conversando com você sobre a vida dele da forma mais descontraída possível, e a cada começo de capítulo tem uma espécie de prólogo, como se fosse um pensamento dele antes de começar outra parte da história.
Outra coisa muito legal também são as fotos e legendas que se você ignorar o lado sério da até para arrancar algumas risadas. Em cada começo de capítulo tem uma, mas no meio e no final tem uma espécie de galeria, algumas fotos provam até algumas histórias que ele conta no livro. ^^’
Quando eu digo lado sério, é porque, embora o livro tenha histórias alegres, da infância do Slash e tudo mais não podemos esquecer algo que foi muito presente na vida não só dele, mas de outros integrantes do Guns e até do Velvet (motivo pelo qual Scott foi demitido) que foram as drogas e o alcolismo, ele conta sobre as overdoses e como ele acordava de ressaca e já começava o dia com outro drink, assim como logo no começo fala sobre a implantação do CDI (a sigla está em inglês na tradução, mas significa Desfibrilador Cardiovascular Implantável) quando seu coração inchou a ponto de explodir pelo abuso de drogas e bebida.
Aquela frase que está na capa: “Parece exagerado, mas não significa que não aconteceu.” Se aplica bem ao livro, pois tem acontecimentos que você lê e pensa “Nossa, sério mesmo que isso aconteceu? :O”
Enfim, não tem muito que falar desse livro, senão vou acabar soltando muitos spoilers da biografia (acho que até já soltei muitos, desculpa), mas o que posso dizer é que mesmo com a internet e tudo mais que você encontra fácil sobre o Guns e o Slash, tem muita coisa ali que eu aprendi sobre ambos e até me surpreendi, então se você é fã ou gosta do guitarrista e das bandas citadas e quer saber mais, eu super recomendo!^^
Ah, só mais uma coisa! No livro ele fala sobre a idéia de lançar um CD com vários amigos músicos que ele conheceu ao longo de sua carreira e que ele iria batizar de “Slash N’ Friends”, na época do livro provavelmente era só uma idéia, mas saiba que o disco já foi lançado.

O CD conta com a participação de Andrew Stockdale (Wolfmother), Ozzy Osbourne (ex-Black Sabbath), Dave Ghrol (ex-Nirvana e atual Foo Fighters), Avenged Sevenfold, Fergie (Black Eyed Peas) e muitos outros artistas conhecidos! =]


Caue.

Nenhum comentário:

Postar um comentário