quarta-feira, 29 de dezembro de 2010

Angelologia



Sinopse:
A irmã Evangeline era apenas uma menina quando sei pai a entregou a ordem das irmãs Franciscanas da Perpétua Adoração, ocupantes do Convento de Santa Rosa, em Nova York. Agora, aos 23 anos, ela se vê subitamente jogada no centro de uma batalha pelo poder na Terra que já se estende por milênios. Seus protagonistas: a reclusa Sociedade Angelológica e os Nefilins, descendentes do cruzamento entre os anjos e humanos – os seres mais irresistivelmente atraentes da Terra e também os mais perigosos, com sua frieza e implacável sede por poder. E Evangeline, por razões que ainda descobrirá, pode ser a peça principal do jogo.
Dos corredores austeros do convento à opulência da Quinta Avenida, de um cemitério em Montparnasse às montanhas da Bulgária, ANGELOLOGIA – O CONHECIMENTO DOS ANJOS é uma viagem pelos locais resguardados onde a História da relação entre os seres humanos e os anjos foi mantida a sete chaves.



Angelologia. Assim que eu vi o livro nas estantes da Saraiva, junto com a Leeh e a Carol, pensei: “Eu sei bastante coisa sobre mitologia grega, mas com relação a anjos eu não sei basicamente nada, tirando o fato de que eles possuem um par de asas e uma auréola.”. Decidi então comprar o livro assim que me foi possível, pois pelo subtítulo, “O Conhecimento Dos Anjos”, eu tinha certeza que muita coisa sobre esses seres seriam explicadas para mim. E como foram!
Apesar de o livro conter um enredo e não ser uma enciclopédia falando exclusivamente do início ao fim de anjos, eu aprendi muito sobre a história, hierarquias e como teoricamente são e agem esses seres divinos.

O livro é dividido em 3 partes: 1°,2° e 3° esferas e conta a história de uma freira chamada Evangeline, que vivia seus dias comuns e seguia a rotina rigorosa do convento Santa Rosa nas margens do Rio Hudson, tanto que no começo do livro eu achei um pouco chato, pois cada “capítulo” (eu não chamaria bem de capítulo pois o livro é formado por cenas curtas de cada personagem exceto na segunda esfera que passa da 3° para a 1° pessoa mostrando somente o ponto de vista e visão de uma única personagem) mostra somente a rotina dos personagens sem aparecer nada muito impressionante e eu fiquei logo pensando “Cadê os anjos?!”. Mas conforme as cenas vão se juntando e você vai lendo, as surpresas vão aparecendo e você meio que pensa “Uau, eu nem imaginaria isso!”.

Eu gostei muito do jeito que a Danielle escreve, pois ela não deixa nenhum fato explicito, vai jogando as dicas e deixando você montar suas próprias idéias até ela mostrar o que realmente está acontecendo. Depois de mostrar Evangeline, são apresentados os personagens Verlaine e Percival Grigori, no começo você acha que nenhum deles tem algo a ver com o outro, mas como eu disse conforme você vai lendo tudo vai se encaixando, eu não posso contar muita coisa, pois acabaria estragando completamente a leitura de vocês e soltando algum spoiler, pois uma coisa leva a outra no livro sem parar um segundo.

Outra coisa muito interessante, mas que confunde um pouco é que o livro por contar a história por meio de cenas é que, por exemplo, você está lendo algo que está acontecendo em 1999 e de repente volta para 1943, então o que aconteceu em 1943 é citado em 1999 e você fica pensando meio se leu sobre aquilo e às vezes volta até umas boas páginas para ter certeza, é uma leitura que exige bastante atenção em cada detalhe.

A parte que eu mais gostei do livro com certeza foi a segunda esfera, principalmente por que eu não sou muito fã de ler em 3° pessoa, embora desse modo eu possa ter a visão geral da história ao invés de um único ponto de vista mas é onde toda a ação ocorre e onde mais explicam sobre os anjos que era o que eu queria quando comprei o livro.

E por último, não se enganem pela capa! Mesmo lá escrito romance, esse é um gênero muito ausente no livro, só aparecendo nas últimas páginas e nada do tipo Fallen, Halo que estão nesse meio de livros sobrenaturais, eu poderia até dizer que o romance no livro é inexistente, pois em nenhum momento você lê coisas do tipo “Eu te amo”, o livro está bem mais para um suspense/ação, porém alguns pensamentos dos personagens demonstram como isso como uma espécie de entrelinhas, você deve ler para tirar suas próprias conclusões como em boa parte do livro.

Agora para terminar, super recomendo Angelologia, mas não espere ler uma incrível história de amor e sim grandes explicações sobre anjos e muita ação com um pouco de suspense. (Mesmo que o começo do livro seja um pouco parado.^^’)

7 comentários:

  1. Boa resenha! Mas acreditam que não tenho vontade de ler esse livro? =/
    Ahh, só uma observação.
    O gênero romance é mais abrangente! Não significa necessariamente amor, paixão,casal...
    ;)
    Percebi que tem um menino no grupo outro dia!
    haha
    Bjos meninas e Caue! *O Caue vai ganhar bjo especial a parti de hoje *_*

    ResponderExcluir
  2. Oi Caue, gostei muito da sua resenha. Mas ainda fico com o pé atrás com esse livro, principalmente pela capa. Eu achei essa capa feia, e eu acho que a capa conta muita na hora de comprar um livro. Enfim.


    Anna ~ My Everything.

    ResponderExcluir
  3. Eu queria comprar esse livro, mas eu fiquei meia apreensiva porque jurava que era tipo uma enciclopédia e tal.

    Ah sim! E sobre quem posta a resenha e tal, já que são 3 pessoas no blog, vocês poderiam fazer uma assinatura no photoshop e postar no final de cada resenha, feito a gente faz lá no blog, assim não confunde a galera <3

    Beijos e parabéns pela resenha Caue :D

    ResponderExcluir
  4. O livro parece ser bem interessante, gostei da parte do suspense e ação, quem sabe ainda vou ler.

    http://sempre-lendo.blogspot.com/

    Abraços

    Juan

    ResponderExcluir
  5. Parabéns pela resenha Caue!
    Ainda não é um livro que eu tenho muito interesse, mas a forma como foi resenhada me deixou um pouco curiosa e com vontade de conhecer caso apareça uma oportunidade! Você vendeu bem o livro :D

    beijos
    Estou começando meu blog literário agora, me dêem uma força por favor:
    http://leitoracompulsiva1.blogspot.com/

    Já sou seguidora daqui, aparecerei mais vezes*-*

    ResponderExcluir
  6. Uh, que resenha legal, eu nem tava a fim de ler, nada nesse livro tinha me chamado atenção mas agora tudo mudou *o* Eu não sou muito fã desse tipo de leitura, assim ficção (fora House of night hehe) mas gosto de saber como as coisas funcionam e como cada autor descreve do seu jeito.
    Tá na minha lista já :)
    Beijos, Ana B.

    ResponderExcluir
  7. ok, ok, parece um livro mais de aventura! Isso faz o nosso gênero, vai entrar na lista de "Temos de ler".

    ResponderExcluir